Currículo e cartas de apresentação

Saiba como escrever um bom currículo profissional

Um currículo é um documento que descreve a sua história profissional e acadêmica. Normalmente, ele reúne informações como experiência de trabalho, realizações profissionais e prêmios recebidos, bolsas de estudo, estágios, formação acadêmica, participações em projetos de pesquisa e publicações realizadas.

O currículo também é conhecido como CV, abreviação para curriculum vitae, expressão do latim que significa "trajetória de vida". Como o termo original já indica, o currículo serve como uma retrospectiva da vida profissional do candidato. No mercado de trabalho, o profissional é mais ou menos valorizado conforme sua experiência, formação técnica, habilidades pessoais e demais qualificações. A função do currículo é articular todas essas informações com o intuito de convencer o recrutador.

Neste artigo, daremos algumas dicas básicas sobre o que você deve cuidar ao escrever o seu currículo. Para facilitar, também forneceremos um modelo básico de currículo, que você poderá adaptar às suas necessidades e ao visual que preferir.

O que colocar no seu CV

Ao escrever um currículo, você deve considerar o contexto da vaga à qual está se candidatando. Fique atento a aspectos como a área profissional, o perfil da empresa, o cargo desejado e as instruções específicas do processo seletivo. Além disso, considere as suas próprias qualificações. Por exemplo, não há por que dar destaque à sua experiência profissional se ela não for muito longa.

Algumas informações são praticamente obrigatórias em qualquer currículo:

  • Informações de contato
  • Formação acadêmica/técnica/escolar
  • Experiência profissional
  • Habilidades e qualificações

Há outros elementos que podem ser incluídos, dependendo do contexto:

  • Prêmios e honrarias recebidas
  • Publicações
  • Participação em associações profissionais
  • Subvenções e bolsas
  • Licenças e certificados
  • Trabalho voluntário
  • Hobbies e interesses

Lembre-se que, seja qual for o tipo de informação, você deve evitar colocar o que não for relevante para a vaga. Além disso, quanto mais simples, melhor. Por exemplo, um currículo de uma página pode impressionar muito mais que um currículo de três páginas, se for mais consistente e melhor organizado.

Muitos candidatos caem na tentação de montar um único currículo reunindo toda e qualquer informação relativa à sua atividade profissional. Isso normalmente ocorre porque muitos profissionais acham que um currículo longo e variado poderá impressionar o recrutador, o que é um grande equívoco. No entanto, em muitos casos, a principal explicação para um currículo enorme e desorganizado é a falta de preparo do candidato em saber como preparar diferentes versões do currículo para cada vaga.

Candidate-se facilmente com um Currículo Indeed

Como organizar cada seção do CV

Estruturar um currículo corretamente pode ser crucial para o sucesso no processo seletivo. Veja abaixo como você deve organizar cada seção dele:

Informações de contato

Você não precisa colocar todos os seus dados na seção de informações pessoais. As informações básicas são seu nome completo, local de residência, número de telefone, endereço de e-mail. Incluir dados como o seu endereço completo, números de documentos e estado civil é opcional. Avalie a necessidade conforme a descrição da vaga.

Formação acadêmica

Liste seu histórico acadêmico em ordem cronológica reversa, ou seja, do mais recente ao mais antigo. Se você tiver muitos graus acadêmicos e cursos realizados, escolha apenas dois ou três conforme a data e a importância.

Se o histórico acadêmico for especialmente relevante em sua atividade profissional, você pode incluir uma seção no final do currículo para listar outros cursos e formações. Uma alternativa é compartilhar um link para o seu perfil na plataforma Lattes ou em outro local onde conste seu currículo acadêmico completo.

Experiência profissional

Neste caso, a ordem cronológica reversa também é a mais indicada. Comece pelo seu trabalho mais recente ou atual, para depois passar aos empregos anteriores. Priorize as experiências mais recentes e relevantes, seja pelo cargo que você desempenhou, seja pela proximidade com a função desejada.

Para cada experiência profissional, inclua o nome do local de trabalho, o seu cargo e o período trabalhado. Indique, preferencialmente, mês e ano de início e término em cada função. Caso você tenha intervalos muito grandes entre algumas das suas experiências profissionais, pode colocar apenas o ano.

Para cada função desempenhada, liste suas responsabilidades, realizações e habilidades requeridas/desenvolvidas. Se tiver dados que comprovem seu bom desempenho em uma função, não deixe mencioná-los.

Habilidades e qualificações

Leia com atenção a descrição da vaga e destaque, em seu currículo, as suas habilidades pessoais que melhor atendam às necessidades da empresa. Isso pode incluir tanto hard skills (habilidades técnicas), como conhecimento em línguas e em informática, quanto soft skills (habilidades interpessoais), que incluem bom relacionamento interpessoal, senso de liderança e criatividade, entre muitas outras.

As habilidades e qualificações podem ser listadas em uma seção separada ou ser integradas às descrições das experiências profissionais. Cada opção tem suas vantagens. Em uma seção separada, elas ganham maior destaque. Junto às experiências profissionais, podem ser melhor articuladas com o histórico do candidato.

Prêmios e honrarias

Use esta seção para descrever reconhecimentos recebidos na área em que pretende trabalhar. Indique primeiro o nome do prêmio e o ano em que ele foi concedido. Depois, mencione a organização que concedeu o prêmio e dê outros detalhes a seu respeito, como a frequência com que ele é concedido pela empresa e quantidade de pessoas que o recebem, caso isso ajude a valorizá-lo.

Dicas essenciais

Antes de redigir seu currículo, é importante se atentar a alguns pontos muito importantes. Por isso, apresentamos as seguintes dicas para que você faça um CV incrível:

Pesquise sobre a empresa

Antes de escrever seu currículo, dedique bastante tempo para pesquisar informações relevantes e atuais sobre a empresa na qual quer trabalhar. Procure saber quais são os valores, a missão e a cultura interna da empresa. Estude os principais produtos da companhia, sua atuação no mercado e seu histórico.

Pense em aspectos da empresa que combinem com o seu perfil profissional e encontre formas de deixar clara essa relação em seu currículo. As empresas costumam ter uma cultura própria e formas de trabalho específicas. Se você conseguir demonstrar que conhece bem a empresa e o cargo para o qual está se candidatando, deixará o recrutador mais confiante de que você é o candidato adequado.

Priorize o que a vaga pede

Antes de preparar o seu currículo, leia cuidadosamente a descrição da vaga para a qual está se candidatando. Assim, você entenderá as prioridades da empresa e não perderá tempo com detalhes irrelevantes. Enfatize suas habilidades, qualidades e experiências que melhor atendem às expectativas do empregador.

Também é importante usar em sua carta uma linguagem similar à da descrição da vaga. Isso te aproxima da cultura da empresa e aumenta as chances de que seu currículo seja encontrado quando o recrutador fizer buscas por palavras-chave na caixa de e-mail ou no computador.

Revise seu currículo mais de uma vez

Antes de enviar seu currículo, faça quantas revisões puder em busca de erros ou inconsistências. Se possível, peça a um profissional experiente, um amigo ou a um familiar para revisá-lo também, especialmente se essa pessoa for alguém com experiência na área em que você está se candidatando.

Uma segunda opinião pode te ajudar a deixar seu currículo mais claro e organizado, além de diminuir as chances de erros de ortografia ou outros desvios considerados graves no uso da língua portuguesa. Lembre-se que um recrutador costuma avaliar uma grande quantidade de currículos em cada processo seletivo. Evite cometer qualquer tipo de erro que possa causar uma má impressão.

Modelo de currículo

Este modelo de currículo não deve ser entendido como um padrão único para todo tipo de processo seletivo, função ou perfil profissional. No entanto, é possível adaptá-lo a cada contexto, conforme as necessidades, vantagens e limitações de cada candidato.

Alguns recrutadores, como instituições acadêmicas e empresas de recursos humanos, podem fornecer um modelo próprio de currículo. Assim, garantem que os candidatos vão incluir todas as informações necessárias, seguindo um mesmo padrão. Antes de enviar sua candidatura, confira se não há orientações específicas a esse respeito.

Informações pessoais

Marcos de Souza Coelho

Porto Alegre, RS

(51) 99999-9999

marcoscoelho@email.com

Formação acadêmica

Mestrado em Engenharia da Computação, 2018

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Bacharelado em Sistemas de Informação, 2007

Universidade Federal de Santa Maria

Experiência profissional

ABC Tecnologias

Gerente de projetos | 2013-2018

  • Relação com os clientes
  • Definição de prazos, especificações e metas de desempenho
  • Análise de resultados e produção de relatórios técnicos
  • Análise de usabilidade
  • Contratação e desenvolvimento de colaboradores

XYZ Mobile

Gerente de projetos | 2008-2012

  • Atendimento ao cliente
  • Programação de aplicações em Java, C++ e Basic
  • Análise de resultados e produção de relatórios técnicos
  • Análise de usabilidade
  • Treinamento de novos desenvolvedores

Habilidades e qualificações

  • Liderança de equipe
  • Fluência em inglês e em espanhol
  • Java, Perl, Python, C++

Prêmios

Aplicativo do Ano - 2016

Portal do Software

Recebido como líder da equipe de desenvolvimento do aplicativo ABC Plus

Melhor dissertação de mestrado - 2018

Sociedade de Engenharia de Software

Recebido pelo trabalho "Aplicações em Java para Ensino Virtual"