Currículo e cartas de apresentação

Saiba como descrever seu perfil de forma profissional

Saber como descrever seu perfil profissional no currículo ajuda atrair as melhores vagas e aumenta suas chances de ser selecionado. Incluir detalhes como experiência, formação, e aspiração profissional são sempre relevantes, porém não ajudam a te destacar, uma vez que é algo que todos os candidatos destacam.

Por isso, saber como descrever o seu perfil profissional aumenta suas chances de conseguir aquele emprego dos sonhos. É uma maneira de se destacar e chamar atenção dos recrutadores.

Saber como criar um currículo que chame a atenção das melhores empresas aumenta imensamente suas chances de conseguir um emprego. Tudo isso começa com saber colocar as informações que são mais relevantes para o cargo, como resultados profissionais pertinentes para a vaga, cursos que melhoram a sua qualificação e o tipo de personalidade exigido pelo cargo. Nesse momento, é recomendável pensar como empregador, e não como empregado.

A grande dica é: descreva o seu perfil profissional no currículo de maneira que se encaixe perfeitamente para a vaga, e você se tornará um candidato mais atraente para as empresas.

Agora que você já entende o quer dizer “descrever seu perfil profissional” e o quão importante é para as suas chances de ser contratado, está na hora de aprender como fazer isso no seu currículo.

Tudo o que você precisa fazer é seguir o passo-a-passo logo abaixo e aplicar o mesmo no seu currículo. Depois, é só esperar a chuva de e-mails na sua caixa de entrada.

Descreva o seu perfil profissional: o que colocar

Entenda que o mais importante no currículo é torná-lo atrativo como profissional para as empresas. Portanto, cada palavra conta. Não desperdice tempo colocando uma experiência que não seja relevante para o cargo. Por exemplo, o tempo que você trabalhou como vendedor quando está tentando o cargo como professor de física.

Agora, se você quer uma vaga como contador, é relevante mostrar organização e uma certa seriedade na estrutura do currículo. Também mencione sua paixão por números. Se o cargo for de vendedor, habilidades interpessoais, jogo de palavras e persuasão serão relevantes.

O segredo é pensar no que a vaga requer e garantir que você mencione no seu perfil profissional que você preenche os requisitos. Conte uma história ou apresente números para ilustrar seu perfil como profissional. Isso pode ser muito mais importante do que falar inglês ou saber utilizar o Word.

Portanto, descreva o seu perfil profissional de acordo com o que a vaga exige. A função de um currículo é apresentar você para os recrutadores para que seja chamado para uma entrevista. Descreva seu perfil profissional com essas dicas e logo será contatado.

Candidate-se facilmente com um Currículo Indeed

Escolha entre a 1ª ou 3ª pessoa do singular

Mais uma escolha importante que você terá que fazer é escolher entre o estilo de escrita que utilizará para escrever o seu perfil profissional. Os especialistas indicam que, na dúvida, você opte pela 3ª pessoa do singular para descrever seu perfil profissional.

O motivo é o tom de formalidade, profissionalismo e distância que isso transmite aos recrutadores ao ler o texto. Além disso, também é mais efetivo. Para o nosso cérebro, é mais relevante quando a informação vem de terceiros. Por isso, utilizar a 3ª pessoa do singular traz uma distância para a descrição, o que por sua vez causa uma melhor impressão.

Ainda assim, para cargos que dispensam formalidade, a 1ª pessoa singular pode ser uma estratégia a se considerar. No fim das contas, o mais importante é criar uma descrição que deixe claro que você tem as qualificações profissionais e a personalidade que o cargo exige.

Não use vocabulário muito formal nem muito coloquial

O próximo passo é avaliar o vocabulário que você utilizará no texto. É sempre bom se distanciar de linguagem coloquial e regionalismos, mesmo que a vaga seja na sua cidade. O currículo é uma apresentação sua como profissional, e você não quer parecer antiprofissional.

Por outro lado, uma linguagem muito formal e às vezes rebuscada também pode atrapalhar. Salvo raras exceções, o melhor que você pode fazer é manter um tom profissional sem soar artificial ou antiquado. A melhor dica é procurar falar como você se expressa no ambiente de trabalho.

Evitando coloquialismos, regionalismos e linguagem da internet, já reduzirá consideravelmente as chances de errar ao descrever seu perfil profissional. Foque também em produzir frases completas com sujeito, verbo e predicado.

Por fim, leia o que escreveu em voz alta. Ao ouvir o que você escreveu, você aumenta a atenção para erros que passaram despercebidos. Peça também para alguém próximo ler e dar uma opinião. É sempre bom.

Mencione a sua função atual e resultados relevantes

O passo seguinte é mencionar a sua função atual e resultados relevantes. Se estiver empregado(a), é importante lembrar que função não é necessariamente o cargo. Sua carteira pode estar assinada como recepcionista, mas você realiza funções de secretária. Isso pode fazer com que a empresa considere você na seleção mesmo sem experiência em carteira.

Outro aspecto são os resultados relevantes. Pense nos resultados que você conquistou que podem ser relevantes para o cargo. Lembre-se que, se não for relevante para a vaga em questão, será irrelevante para o recrutador. Por exemplo: se você, como administrador, aumentou o faturamento da empresa em que trabalha ou tornou a produção mais eficiente, lembre de mencioná-lo.

Combine a sua função atual com resultados relevantes, e a sua descrição de perfil profissional será melhor do que a da esmagadora maioria. No geral, as pessoas só se preocupam em citar experiência profissional e formação.

Quando você vai além e cria uma descrição de perfil profissional completa, imediatamente chama a atenção dos recrutadores das grandes empresas. As pessoas que estão dispostas a fazer algo a mais têm o perfil que procuram para as melhores vagas.

Pesquise o perfil da empresa

Que é muito importante ter certeza que a descrição profissional se encaixa naquilo que a empresa procura, já sabemos, mas também é muito importante que você entenda o perfil da empresa. Por exemplo, empresas de tecnologia procuram por perfis de pessoas que estão sempre fazendo cursos extras, pois isso demonstra um interesse em estar sempre atualizado.

Uma vez que você entende o perfil que a empresa procura, tente incluir isso na sua descrição. Procure por adjetivos que convenham características relacionadas ao cargo e ao perfil da empresa. Uma excelente dica é visitar o site da empresa e verificar a página “Sobre nós”. Lá você encontrará informações sobre o perfil da empresa.

Se for uma empresa pequena, demonstre valores de comunidade como dedicação e trabalho em grupo. Se a empresa for grande e valorizar profissionais qualificados, demonstre que não parou de estudar depois que saiu da faculdade. O segredo é você entender o tipo de cultura de trabalho que a empresa possui.

Depois que você tiver essas informações, é hora de selecionar palavras e frases que deixem claro que você tem o perfil procurado pelo recrutador.

Inclua alguns detalhes da sua personalidade

É sempre bom lembrar que quem está do outro lado recebendo o currículo é uma pessoa, e não um robô. O que isso significa para você é que é sempre bom colocar sua voz ao descrever seu perfil profissional. Por exemplo: se você é uma pessoa engraçada, permita que isso transpareça no texto sem exagerar na piada.

O importante é que seu texto tenha personalidade. Não deixe parecer algo que qualquer um poderia ter escrito. Essa é a seção em que a sua identidade tem de transbordar após a leitura do texto. Dependendo da vaga e da empresa, considere inserir algum hobby que ajude a ilustrar a sua personalidade. Se você pratica esportes, por exemplo, isso ajuda a demonstrar que você é uma pessoa disciplinada e possivelmente competitiva. Mas lembre de colocar no máximo dois hobbys.

Afinal, se você colocar ou não algum hobby, o importante é que você inclua um pouco da sua personalidade para destacar o seu currículo na pilha de candidatos.

Seja Breve

Por último, seja breve. Pode parecer muita coisa para fazer, mas a verdade é que descrever seu perfil profissional de uma maneira que chame a atenção dos recrutadores leva tempo.

Por isso, é importante que você seja breve; caso contrário, perderá a chance de chamar a atenção da empresa certa.

Uma boa dica é não escrever mais do que 10 linhas. Se ficar entre 5 e 8, está excelente. Lembre-se de incluir todo o passo-a-passo mencionado aqui para aumentar consideravelmente as suas chances de conseguir o emprego dos sonhos.

Conclusão

Finalmente, chegamos ao fim. Junte todas as informações e inclua-as no seu currículo. Imagine o número de pessoas que não se dão o trabalho de sequer fazer o primeiro passo mencionado aqui. Se você chegar até o fim, as suas chances de se destacar e ser chamado para a entrevista são muito grandes. O emprego dos sonhos ficará muito perto de se tornar uma realidade.