Como ser um bom líder de equipe no trabalho

Atualizado em: 9 de agosto de 2023

Independentemente se você ocupa ou não uma posição de gestão, habilidades de liderança são bem-vistas, tanto aos olhos de um recrutador como pelo mercado de trabalho. Nem todas as pessoas compreendem como ser um bom líder de equipe pode ajudá-las a se destacar, alcançar cargos mais expressivos e até salários mais atraentes. Ter segurança ao tomar decisões, correr riscos calculados e inspirar a equipe a apoiar suas ideias e propostas são algumas das características presentes em pessoas com perfil de liderança.Neste artigo, abordamos o conceito de liderança e elencamos algumas características presentes em pessoas com perfil de líder para que você possa reconhecer seus próprios atributos e focar no desenvolvimento pessoal e profissional para buscar as competências que precisam ser aprimoradas.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

O que é liderança?

O conceito de liderança vai muito além de comandar e delegar tarefas a outras pessoas. Ser líder significa motivar e engajar a equipe em prol de um objetivo comum. É conseguir apoio espontâneo através de carisma, de criatividade ou do pensamento inovador. É fazer com que as pessoas se espelhem em suas atitudes e se sintam motivadas a contribuir com metas e resultados.Relacionado: O que é liderança e dicas para ser um bom líder no trabalho

Como ser um bom líder de equipe

É certo que algumas pessoas já nascem com características e comportamentos que as levam a uma posição natural de protagonismo, mas isso não quer dizer que a liderança não possa ser desenvolvida ― seja com a prática, experiência, maturidade ou através de treinamentos específicos. Para ajudar você nesse aprendizado, listamos 11 características inerentes a pessoas com perfil de líder para que você possa usar como referência e se aperfeiçoar.Relacionado: Descrição do cargo de líder de equipe

1. A proatividade de um líder

Proatividade significa se antecipar aos fatos e se posicionar à frente para que questões sejam resolvidas rapidamente, de modo a não impactar prazos ou resultados. Uma pessoa proativa é capaz de tomar a iniciativa, assumir responsabilidades e se comprometer a consertar os erros, caso ocorram. Ser uma liderança eficaz consiste em não esperar que outras pessoas digam o que deve ser feito, mas atuar ativamente, propondo respostas e soluções.Relacionado: A importância do líder democrático para chefiar equipes

2. O otimismo na liderança

O otimismo é a postura positiva adotada diante de circunstâncias difíceis ou complexas. A pessoa otimista enxerga possibilidades e soluções em cenários desfavoráveis. Ela acredita que existe saída para o pior dos problemas e consegue propor respostas viáveis, com confiança e segurança. Líderes com visão estratégica são capazes de influenciar sua equipe a assumir comportamentos positivos e a encarar os desafios como situações passageiras, passíveis de resolução.Relacionado: Estilos de liderança no trabalho: dicas e exemplos

3. Criatividade para liderar

A criatividade é a capacidade de gerar algo novo, de inovar, de propor soluções ainda não pensadas, reinventar e melhorar processos, produtos ou serviços. A liderança criativa consegue enxergar além do óbvio e transformar o ambiente organizacional. Líderes estão sempre pensando em como otimizar tarefas, tornar o ambiente organizacional mais agradável e fazer com que a equipe esteja comprometida com os resultados.Relacionado: O que são criatividade e inovação e porque são tão importantes no trabalho?

4. Empatia e liderança

A empatia é a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa, compreendendo seus medos, anseios e preocupações. É também ter inteligência emocional para demonstrar suas próprias fragilidades, fazendo com que a equipe perceba que não existe perfeição e todas as pessoas estão suscetíveis a erros ou desgastes emocionais. Um estilo de liderança focado na empatia cria uma cultura de comunicação em que ambas as partes se sentem confiantes a se abrir e expor seus problemas. Líderes precisam promover essa conexão para tornar o local de trabalho saudável e colaborativo.Relacionado: Vantagens e desvantagens da liderança autocrática

5. Comunicação para liderar

Líderes precisam comunicar diretrizes e regras com objetividade e clareza, da mesma forma que necessitam saber ouvir e interpretar as necessidades da equipe. A comunicação deve ser uma via de mão dupla, onde todas as pessoas possam se expressar e colaborar com sugestões e propostas. A comunicação fomenta a criatividade, que por sua vez pode ser responsável por ideias inovadoras, capazes de contribuir com a produtividade e a motivação. O feedback faz parte do processo de comunicação e é uma maneira de encorajar a equipe a desenvolver determinadas habilidades em prol de seu próprio desenvolvimento profissional.Relacionado: Aprenda a tirar proveito de feedback negativo e positivo

6. Confiança de um líder

A confiança pressupõe um vínculo sob o qual duas ou mais pessoas estabelecem uma relação de troca mútua baseada na liberdade, na honestidade e na crença de que todas agirão de boa-fé ou conforme padrões pré-definidos. Um bom líder de equipe precisa confiar que as pessoas que comanda vão atuar conforme suas diretrizes. Da mesma forma, a equipe precisa confiar que a pessoa no comando está agindo com integridade e em prol do bem comum.Relacionado: Como Obter Resultados com a Liderança Transacional

7. Responsabilidade como líder

A responsabilidade pressupõe não somente cumprir horários, alcançar metas ou assumir erros, mas arcar com as consequências dos atos praticados pela equipe, sejam eles bons ou ruins. Ter responsabilidade sobre outras pessoas significa garantir que elas tenham plena compreensão do que precisa ser feito e ajustar desvios, quando necessário. Líderes precisam envolver a equipe para que ela adote uma postura ativa e saiba responder às situações com maturidade e ponderação.

8. Flexibilidade de um líder

A flexibilidade é a capacidade de se adaptar a mudanças de maneira positiva, como também conceder autonomia à equipe para que ela possa trabalhar com certa liberdade. Ser flexível significa dar menos importância à rotina e mais foco na produtividade e nos resultados. Líderes flexíveis normalmente não se importam com horários ou cobranças desnecessárias, mas buscam superar metas e expectativas através da motivação e do engajamento das pessoas sob sua responsabilidade.Relacionado: Quais são as competências de adaptabilidade que você deve desenvolver

9. Humildade para liderar

Ter humildade é saber reconhecer suas próprias limitações e fragilidades, fazer perguntas, pedir conselhos e ajuda. Ser humilde é ter consciência de que ninguém é melhor que outro e que todas as pessoas têm suas fraquezas e pontos de melhoria. Um líder humilde não se projeta sobre outras pessoas, nem tampouco se vangloria de resultados que não são resultado de seus esforços. Pelo contrário; líderes humildes sabem reconhecer e recompensar cada pessoa da equipe por seus esforços individuais.

10. Segurança e liderança

A segurança pressupõe deixar de lado o medo e a incerteza e assumir riscos e desafios que possam ser benéficos para a equipe ou para a empresa. Transmitir segurança significa deixar as pessoas confortáveis e à vontade para executar suas atividades. Uma pessoa em posição de liderança deve ser segura e autoconfiante, incentivando sua equipe a melhorar e se desenvolver continuamente, além de desafiá-la a pensar e propor soluções inteligentes para diversos contextos.

11. Imparcialidade de um líder

A imparcialidade é a qualidade da pessoa que age de maneira neutra e justa, não concedendo vantagens ou privilégios a quem quer que seja. Ser imparcial significa entender que as pessoas são diferentes e não demonstrar favoritismos em relação àquelas que têm valores similares aos seus. Líderes devem adotar a neutralidade para permitir uma gestão de pessoas que seja baseada na justiça e honestidade.Relacionado: Qual a diferença entre um chefe e um líder?

Perguntas frequentes

O que devo fazer para ser um bom líder?
Se você chegou até este artigo, provavelmente já está no caminho certo. O fato é que muitas das qualidades e características de uma boa líder ou bom líder mencionadas aqui não são aprendidas da noite para o dia; leva tempo e dedicação desenvolver essas habilidades e competências.Isto posto, há uma série de conteúdos relacionados listados junto de quase todas as características acima. Confira cada um dos links relacionados conforme achar necessário. Eles têm uma série de dicas úteis sobre como galgar os próximos passos na sua escalada para a liderança.
O que um líder não pode fazer?
Há uma série de respostas a essa pergunta. Uma liderança eficaz requer a disposição a ouvir, por exemplo, e líderes que não param para praticar a escuta ativa correm o risco de comandar equipes que não conhecem de verdade — uma receita garantida para ineficiências. Mas talvez a coisa mais importante que uma pessoa em um cargo de liderança não pode fazer é deixar de aproveitar as oportunidades de aprender com os próprios erros. O fato é que líderes são seres humanos, e seres humanos em algum momento vão fazer algo que não deveriam ou que não seja ideal para a situação. O que fazer em resposta a essas situações é o que separa a boa liderança da excelência na liderança.

Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos