Como obter e aprimorar suas qualificações profissionais

Atualizado em: 29 de março de 2023

Além de destacar você de outros candidatos em busca de emprego, qualificações profissionais são essenciais em outros passos da vida profissional. Tanto para o progresso dentro da empresa onde já trabalha quanto para melhorar seu currículo ou fundamentar um pedido de aumento de salário, as qualificações são indispensáveis.Depois de ler este artigo, você vai compreender melhor o que são qualificações profissionais, o que deve saber antes de desenvolvê-las e quais os tipos de qualificação que pode obter para avançar na carreira e melhorar suas chances no mercado de trabalho.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

O que são qualificações profissionais?

As qualificações profissionais são aquelas que permitem desenvolver habilidades e avançar na carreira profissional. Dependendo da sua área de trabalho, essas qualificações podem ser acadêmicas, mas não se restringem a isso: cursos e treinamentos que você fizer ao longo da sua carreira, dentro e fora da empresa, também contam.Em algumas situações, as empresas pedem que os candidatos concorrendo a uma vaga já tenham determinadas qualificações profissionais, em especial para posições mais altas na hierarquia ou cargos mais técnicos. Nesses casos, é necessário que o candidato comprove ter nível de conhecimento avançado em uma ou mais habilidades profissionais.No caso oposto, quando se entra em uma empresa logo no início da carreira, as qualificações profissionais vão sendo adquiridas à medida que você avança no seu percurso profissional.Relacionado: Conheça 5 habilidades da inteligência emocional

O que saber antes de buscar sua qualificação profissional

Além de ser um aspecto valorizado pelas empresas, investir na sua qualificação profissional faz com que você desenvolva habilidades, melhore a produtividade e desempenho. No entanto, qualificações adequadas dependem do contexto e da vaga em questão. Quando estiver buscando sua qualificação profissional, pense nos seguintes pontos:
  • Qualificações valorizadas pela empresa. Se, por exemplo, você estiver buscando um emprego na empresa dos seus sonhos, confira as qualificações profissionais que a empresa valoriza. Se não encontrar essas informações na oferta de emprego, procure no site da empresa ou conecte-se com pessoas que já trabalham lá em uma rede profissional.
  • Qualificações para avançar na carreira. Se você está buscando uma promoção ou uma mudança completa no seu percurso profissional, pesquise quais as qualificações profissionais necessárias para atingir seu objetivo.
  • Qualificações em alta no mercado de trabalho. Procure um equilíbrio entre cursos que você gostaria de fazer e as necessidades que existem no mercado de trabalho. Desenvolver e atualizar constantemente competências em marketing digital, por exemplo, é uma forma de você se adaptar a novas tendências e necessidades. Mas, para se destacar ainda mais de outros candidatos, dentro ou fora da empresa, você terá de aprofundar conhecimentos cada vez mais específicos. Para quem trabalha com serviços on-line, por exemplo, já não basta saber construir um site: é preciso, pelo menos, saber também um pouco de SEO (Search Engine Optimization).
  • Qualificações profissionais para demonstrar iniciativa. Em empresas pequenas ou que não têm um departamento de recursos humanos, nem sempre melhorar e desenvolver qualificações profissionais é uma das prioridades. Se você identifica uma necessidade sua que vai ao encontro de uma necessidade da empresa, procure obter qualificação profissional nessa área. Iniciativa, capacidade de liderança e diplomacia são algumas das habilidades que você demonstra ao implementar seus novos conhecimentos na empresa. E lembre-se: sempre há potencial para enriquecer seu currículo.
Relacionado: Cursos de pós-graduação mais valorizados

Tipos de qualificações profissionais

Para que você entenda melhor cada tipo de qualificação profissional e qual se adapta melhor à sua situação atual, dividimos as qualificações profissionais em quatro grupos:
  • Qualificações profissionais acadêmicas;
  • Qualificações profissionais por meio de cursos livres;
  • Qualificações profissionais decorrentes da experiência profissional;
  • Qualificações profissionais por meio de cursos variados.
Relacionado: Tipos de plano de carreira

Qualificações profissionais acadêmicas

As qualificações profissionais acadêmicas são obtidas ao se frequentar uma universidade ou um estabelecimento de ensino superior, sendo licenciaturas e bacharelados as mais comuns. Outra alternativa de graduação são os cursos de tecnólogo, que podem ser concluídos em dois ou três anos.Há também cursos mais avançados no âmbito universitário, como pós-graduações, mestrados e doutorados e o MBA, muito comum no ambiente corporativo. Essas qualificações ampliam o conhecimento em uma determinada área, e há empresas que promovem essas especializações entre seus funcionários, incentivando ou até patrocinando os cursos. Se sua empresa não dispõe desse tipo de programa de incentivo, mas você se interessa pelo aprofundamento em alguma área, pode procurar obter essa qualificação profissional em algum horário compatível com suas funções.Fora do âmbito acadêmico, existem os cursos técnicos ou profissionalizantes, que podem ser cursados durante ou após o ensino médio e oferecem a perspectiva de ingresso rápido no mercado de trabalho.

Cursos livres

Hoje em dia, há vários caminhos e opções para desenvolver suas qualificações profissionais, desde cursos e workshops on-line até a participação em eventos relacionados com as habilidades que você quer desenvolver. Com uma boa conexão para ter chamadas de vídeo de qualidade, as possibilidades vêm se ampliando ainda mais.Confira algumas coisas que você deve saber antes de escolher um curso profissional:
  • Duração e conteúdo. Foque-se nos assuntos tratados em cada módulo, e não na duração total do curso. Há cursos compactos que não ocupam muito tempo no seu calendário e oferecem muito conhecimento e ferramentas de desenvolvimento.
  • Certificação. Nem todos os cursos de curta ou média duração dão direito a um diploma, mas é importante que o curso emita ao menos um certificado de participação.
  • Cursos reconhecidos. Se determinado curso é valorizado pela sua empresa ou uma exigência dos seus chefes, essa tem de ser uma escolha certa. Um certificado de participação nesse curso aumentará seu prestígio dentro da empresa.
  • On-line vs. presencial. A escolha entre o formato on-line ou presencial depende sobretudo das suas preferências de aprendizagem e sua personalidade, uma vez que não há diferenças substanciais entre eles no que diz respeito a aproveitamento e informação.
  • Tempo e disponibilidade. A aprendizagem deve ser um momento de foco, mas também uma atividade prazerosa. Encare o curso como uma oportunidade de aprimoramento pessoal. Além disso, procure um curso adaptado ao seu ritmo e à sua disponibilidade.
  • Palestras, workshops e masterclasses. Não é só com cursos que se pode obter conhecimento e desenvolver qualificações profissionais. Há também outras formas, como palestras e masterclasses, ou ainda a participação em workshops. Se já estiver fazendo outro tipo de curso profissional, pense nesses eventos como atividades extracurriculares que são também excelentes oportunidades para ampliar sua rede de contatos.

Experiência profissional

Em algumas situações, a experiência profissional adquirida ao longo da sua carreira tem tanto peso na sua formação quanto uma qualificação profissional acadêmica ou um curso profissional. É claro que isso depende sempre da sua área profissional e da sua vontade de avançar ou não na carreira em que se encontra. Seja como for, há muito o que se aprender no convívio diário com o trabalho, e esse aprendizado acumulado confere mais bagagem para reagir de forma rápida e eficiente aos desafios profissionais do dia a dia.Se você se sente mais confortável em comprovar sua experiência profissional com um diploma ou curso certificado, pode sempre procurar uma das soluções discutidas acima. Mas, como a experiência sempre pode complementar o conhecimento teórico, confira alguns pontos de qualificação apenas com base em sua experiência:
  • Foco em objetivos atingidos. Se sua experiência profissional fez com que sua equipe ou sua empresa atingisse um objetivo importante no final do ano, foque-se nesse acontecimento. Digamos, por exemplo, que você usou seus 10 anos de experiência em apoio ao cliente para criar um workshop interno com sua equipe, fazendo com que ela criasse seu próprio sistema de respostas eficazes a reclamações. Ao responder de forma mais rápida a reclamações, a equipe aumentou o nível de satisfação dos clientes, e isso se deveu à sua experiência acumulada.
  • Importância do tempo na área ou empresa e de seu conhecimento. Se você trabalhou na mesma empresa ou na mesma função durante algum tempo, foque-se em habilidades transversais. Seu conhecimento dos processos da sua equipe e a sua facilidade em se comunicar fizeram, por exemplo, com que seus chefes indicassem sempre você para ajudar no treinamento de novos colaboradores. Trazer exemplos como esse pode demonstrar capacidade de motivação e gosto pelo trabalho em equipe.
  • Ferramentas profissionais. Liste todas as ferramentas profissionais que você usa no dia a dia e o grau de conhecimento que tem em cada uma delas. Seja o mais específico possível, pois, hoje em dia, saber usar o e-mail ou uma tabela no computador não é mais um sinal de destaque; na verdade, essas são ferramentas que as empresas esperam que você domine.

Cursos variados

Não menospreze o papel de cursos sobre os temas mais variados na hora de mostrar suas qualificações profissionais. Isso porque, muitas vezes, com eles você desenvolve habilidades transversais, que podem ser usadas ao longo da sua carreira em funções e empresas diferentes.Aqui vão alguns exemplos de cursos mais abrangentes para desenvolver suas qualificações profissionais:
  • Línguas estrangeiras. É cada vez mais importante o domínio de ao menos uma língua estrangeira, mesmo que a empresa onde você está trabalhando atualmente não tenha escritórios em outro país. Se quiser aprofundar ainda mais essa habilidade, escolha um curso de língua estrangeira para negócios, por exemplo.
  • Ferramentas de escritório. Imagine que você já domina suas ferramentas de escritório, porque as usa diariamente, mas acha que não está aproveitando todo o seu potencial. Participe de um curso on-line ou workshop que lhe permita desenvolver melhor essa habilidade.
  • Cursos criativos. Pense em seus hobbies ou interesses pessoais. De que forma fazer um curso ligado a eles pode desenvolver habilidades transversais úteis para o seu trabalho? Um curso de escrita criativa ou cinema, por exemplo, pode ajudar você a desenvolver sua capacidade de gestão de projeto e recursos, comunicação, produtividade e trabalho em equipe.

Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Artigos relacionados

Como alcançar objetivos profissionais

Leia mais artigos