Encontrando um emprego

Como pedir uma carta de recomendação

A carta de recomendação ou referência é uma declaração que pode ser solicitada em um processo seletivo e que pode fazer a diferença na conquista de seu próximo emprego. Ela não é frequentemente solicitada por empresas brasileiras, e por este motivo é possível que você desconheça ou saiba pouco sobre esta declaração.

Embora seja muito mais comum em empresas estrangeiras, pode ser que a solicitem em seu próximo processo seletivo. Saber a quem e como solicitá-la poderá impactar diretamente na eficácia de sua carta de recomendação e em suas chances de ser contratado.

Também é possível que um colega ou colaborador solicite para você uma carta de referência, por isso também explicaremos como fazê-la, além de oferecer um modelo e mostrar um exemplo pronto para que você possa se inspirar e redigir.

Onde costuma ser solicitada?

Não é possível determinar quais tipos de segmentos de empresas costumam requerer cartas de recomendação, pois isso é bastante influenciado pela cultura e política de recrutamento da empresa.

Conforme mencionamos acima, a solicitação da carta de referência profissional é mais comum em outros países. Por isso, é mais provável que ela seja pedida em processos seletivos de empresas multinacionais.

Candidate-se facilmente com um Currículo Indeed

A quem pedir?

O ideal é pedir a carta de recomendação a um profissional que tenha sido seu superior hierárquico, de preferência em um cargo ou função que você tenha ocupado que tenha a ver com a vaga para a qual você se candidatou.

Quanto maior o cargo e a reputação do profissional que te indicar, melhor. Porém, é importante levar em consideração que fazer essa solicitação a um superior hierárquico que não tenha acompanhado sua trajetória na empresa de forma mais próxima pode implicar em uma recusa de seu pedido ou no envio de uma declaração genérica, que pode não agregar tanto valor à sua carta de recomendação.

Caso não consiga que algum chefe anterior providencie esta declaração, uma alternativa é solicitar a um colega de trabalho. A recomendação pode ter um peso menor, mas uma carta autêntica e bem elaborada de um profissional que conheça bem seu trabalho e seu histórico pode te ajudar no processo seletivo.

Também é possível pedir ao departamento pessoal da empresa, mas este setor geralmente trabalha com modelos padronizados e genéricos, o que pode não gerar muito impacto no recrutador.

Se você é um profissional que ainda não teve experiência profissional, uma opção interessante pode ser recorrer a professores e orientadores da sua formação mais relacionada ao cargo desejado.

Como pedir?

Como cartas de recomendação não costumam ser solicitadas com frequência, é muito comum que os profissionais não saibam como redigi-la e/ou como abordar outras pessoas, pedindo para que elas atestem sua competência por escrito.

Ao abordar este profissional, explique que está participando de um processo seletivo para um novo emprego e mencione que uma carta de recomendação vinda dele poderá contribuir muito para que você possa conseguir a vaga.

Educadamente, pergunte se ele se sente confortável e tem disponibilidade para produzir uma carta de referência profissional sobre você. Caso ele aceite, explique com maiores detalhes a vaga para qual você se candidatou e coloque seu currículo à disposição para ajudá-lo a lembrar de suas competências e realizações.

Lembre-se de pedir com a máxima brevidade possível, pois a maioria dos gestores possuem agendas lotadas. Pressioná-lo não é recomendável por dois motivos: ele poderá se recusar a fazer a carta de referência devido ao curto prazo ou redigi-la com pressa, o que poderá impactar em sua qualidade e precisão, reduzindo sua credibilidade.

Para facilitar o trabalho, você poderá encaminhar-lhe seu currículo e um modelo de carta de recomendação, como o que colocamos abaixo. Isso também contribuirá para que ele não esqueça de incluir informações importantes.

Modelo de carta de recomendação

Prezado/Estimado/Caro(a) [nome do(a) recrutador(a)],

Gostaria de recomendar o(a) [nome do(a) recomendado(a)] para a [posição] na [nome da empresa].

Meu nome é [nome de quem está recomendando] e ocupo o cargo [posição de quem está recomendando] na empresa [nome da empresa de quem está recomendando]. Trabalhei com o(a) [nome do(a) recomendado(a)] na [empresa em que o recomendado trabalhou] por [período].

O(a) [nome do recomendado(a)] foi admitido em nossa equipe para suprir as demandas em [mencionar motivo e/ou setor] e posso confirmar que ele(a) atendeu devidamente às nossas necessidades durante o período em que fez parte de nossa organização.

Durante o período em que o(a) [nome do recomendado(a)] trabalhou conosco, identifiquei e posso destacar alguns atributos e contribuições deste(a) profissional para nossa equipe.

[Listar características e atributos do recomendado]

Ele(a) é um(a) profissional [acrescentar uma caraterística marcante], que nos permitiu obter êxito em [mencionar resultado influenciado pela característica mencionada]. Os conhecimentos deste(a) colaborador(a) também contribuíram muito para o desenvolvimento de [mencionar contribuição para alguma atividade ou setor específico].

Em relação à equipe, ele(a) é uma pessoa [mencionar características relacionadas ao comportamento e relacionamento com os colegas], o que torna o ambiente de trabalho [descrever impactos destes comportamentos].

A contratação do [nome do(a) recomendado(a)] trará contribuições importantes para sua empresa por conta de sua experiência, atributos técnicos e comportamentais.

Coloco-me à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas a respeito do período em que o(a) [nome do(a) recomendado(a)] trabalhou em nossa empresa. Seguem meus contatos de telefone e e-mail:

[telefone de quem está recomendando]

[e-mail de quem está recomendando]

É com grande satisfação que faço essa recomendação.

Atenciosamente,

[nome de quem está recomendando]

Como fazer uma carta de recomendação

Elaboramos acima um modelo simples e formal que reforça as informações mais importantes que devem constar em sua carta de referência. Na sequência iremos explicar com mais detalhes cada estrutura que sua carta de recomendação deverá conter.

Introdução

Como a maioria das declarações, o autor da carta de recomendação deverá se apresentar mencionando seu nome, cargo, experiência relevante e uma breve descrição da sua relação profissional com quem está recomendando.

Histórico

Após a introdução, é interessante que a pessoa que redigir a carta de recomendação possa explicar o motivo pelo qual sua empresa contratou a pessoa que é motivo dessa declaração, caso seja possível.

Essa será uma ponte para descrever o início da trajetória do profissional na empresa com a finalidade de demonstrar sua evolução no período que ele fez parte da equipe de colaboradores da companhia.

Características e Atributos

Este é um dos pontos de sua carta para o qual o recrutador direcionará maior atenção. Devem ser mencionadas as características profissionais e pessoais do profissional em questão, como lealdade, comprometimento, persistência, carisma, capacidade de resolver problemas, entre outros. Além disso, a pessoa que redigir sua carta de recomendação deverá apontar quais eram as suas obrigações na empresa durante o período em que fez parte da equipe.

Case de sucesso

O passo seguinte é mencionar um exemplo no qual o profissional em questão contribuiu para a empresa em que atuava.

Utilize o exemplo de uma situação em que ele se destacou, as características que sobressaíram e como foi o impacto do desempenho deste profissional para a equipe e para a empresa.

Considerações finais e contato

Este é o momento de fazer as considerações finais na carta de recomendação, mencionando qualquer outro fato relevante e fornecendo seus dados de contato, como e-mail e telefone.

O texto deve ser finalizado dando abertura para que o recrutador possa entrar em contato com o autor do texto.

Assinatura

Após as considerações finais, a carta de recomendação deverá ser encerrada com a assinatura de quem recomenda, contendo seu nome, cargo e empresa onde trabalha.

Exemplo de carta de recomendação

Veja logo abaixo um exemplo pronto de carta de recomendação para seguir:

“Prezado recrutador da empresa X,

Gostaria de recomendar o Sr. João Pereira dos Santos para o cargo de gerente de vendas para sua empresa.

Meu nome é Luís Silva e atualmente ocupo o cargo de diretor regional de vendas na empresa Y.

Por quatro anos, o Sr. João fez parte de nossa equipe. Ele foi contratado para substituir um de nossos vendedores e posso confirmar que, durante esse período, ele superou as expectativas que tínhamos inicialmente. Naquela época, eu era gerente e supervisionava diretamente seu desempenho.

Desde o primeiro momento notei características importantes em seu comportamento, que sempre demonstrou zelo por nossa empresa e nossos clientes.

O Sr. João é um profissional com dedicação ímpar, pontual, comprometido e sempre alinhado com os objetivos e metas da empresa. Ele é um profissional inovador, que contribuiu diretamente para o êxito da filial de nossa empresa, motivo para sua promoção para o cargo de supervisor após 1 ano de bons resultados. Seus conhecimentos também contribuíram muito para o aprimoramento dos vendedores que ele passou a supervisionar.

Na relação com a equipe, ele é uma pessoa gentil e sempre disposta a ajudar, ao mesmo tempo que sabe cativar e incentivar a todos, contribuindo para diminuir o turnover da filial na qual ele era responsável.

A contratação de João certamente agregará valores importantes para sua empresa por causa de sua experiência, habilidades e ótimo relacionamento interpessoal.

Caso necessite de maiores informações sobre o João Pereira, deixo meus dados de contato logo abaixo para que o senhor possa prestar maiores esclarecimentos.

É com grande satisfação que faço essa recomendação.

Atenciosamente,

Luís Silva

Diretor de Vendas Regional

Empresa X

+55 01 2345-6789

Luis.silva@empresay.com.br”