Como conseguir um emprego em 9 passos (contém dicas)

Atualizado em: 14 de outubro de 2023

O mercado de trabalho está mais competitivo do que nunca, mas a busca de trabalho não precisa ser um processo longo e intimidante. Procurar um emprego não se restringe a enviar currículos a todas as empresas que estão recrutando. Aqui analisamos as principais questões na hora de conseguir um emprego e damos dicas que ajudam a conseguir seu objetivo.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

Entre na mentalidade de como conseguir um emprego

Antes de começar a buscar um emprego de fato, é preciso ajustar o olhar à tarefa que tem pela frente. Encare a busca de emprego como uma oportunidade de mostrar para o mundo todas as suas virtudes, assim como uma chance de moldar sua vida com os seus objetivos mais importantes claros em mente.Ao procurar um trabalho, também é importante que você mantenha uma atitude positiva e de esperança, pois o processo nem sempre é fácil ou tão rápido quanto gostaríamos. É crucial a perseverança na hora da procura, assim como o reconhecimento do próprio valor e de suas habilidades: com metas e objetivos bem-definidos, é mais difícil aceitar uma vaga aquém das suas pretensões.Além disso, lembre-se de que, durante todo o processo de busca de emprego, projetar autoconfiança e certeza nas suas habilidades afeta positivamente a maneira como os outros em seu redor avaliam você.Relacionado: Como Conseguir o Primeiro Emprego

Anote suas qualidades e qualificações

Em segundo lugar, vem uma sessão de brainstorming, para selecionar as ideias que vai usar. Pense e anote todas as suas melhores qualidades, organizando aquilo que se foi acumulando com o tempo, como a capacidade de se comunicar bem e facilidade em trabalhar em equipe. Escreva também todas as suas qualificações formais, desde cursos de nível superior (como graduações ou mestrados) até cursos mais curtos e de línguas estrangeiras.Com esse processo simples, você terá uma lista dos seus pontos mais fortes, que ajudarão justamente a balizar sua busca com critérios mais definidos. Com bases nas qualidades e qualificações elencadas, é mais fácil lembrar do próprio valor, definir quais posições são mais adequadas à sua personalidade e capacidades e, ainda, preparar-se para as entrevistas de emprego.Relacionado: Como Descrever o Seu Perfil Profissional no Currículo

Determine seus objetivos

Em seguida, é hora de pensar em seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Se você já criou um plano de carreira, pode recorrer a ele para planejar os seus próximos passos; mas, caso não tenha um plano, não há problema.Anote quais metas pretende atingir nos próximos três, cinco e dez anos e depois pense em como suas metas podem orientar a sua busca de emprego. Por exemplo: se seu objetivo no futuro próximo é gerir uma equipe de marketing, então sua busca de emprego deve se concentrar em vagas de chefia na área de marketing e publicidade ou vagas suficientemente flexíveis para que você possa ascender na carreira.Aqui não há tempo perdido: suas convicções, sonhos, desejos e objetivos servem de guia para o longo prazo, e parar para refletir sobre eles de vez em quando sempre vale a pena, ainda mais em um momento de transição.Relacionado: Dicas para colocar o objetivo no currículo

Construa sua marca pessoal

Com as reflexões acima, você já tem uma ideia melhor do caminho que quer tomar para conseguir o emprego dos seus sonhos, ou, ao menos, um emprego alinhado com seu caráter e que se encaixe no seu plano maior. Agora chegamos no ponto de começar a trabalhar para alcançar essa meta de maneira eficaz. A busca de emprego é muitas vezes uma competição de marketing pessoal: você tem de aprender a se destacar dos outros candidatos e a deixar sua marca pessoal na mente dos recrutadores.Retorne à lista de qualidades e qualificações e pense em maneiras de estruturar todas as suas virtudes de uma forma concisa, destacando o seu perfil como especialista do nicho em que quer trabalhar. É importante não só ter as habilidades comprovadas, como também saber apresentá-las e “vender a sua imagem”, e preparar um elevator pitch pode ajudar bastante.Relacionado: Crie sua marca pessoal e valorize seu percurso profissional

Organize todos os seus documentos

O ponto cinco é organizar toda a sua papelada. Quando você começar a se candidatar a empregos, recrutadores e empresas começarão a pedir diferentes documentos e, por isso, é importante manter uma pasta organizada com todos os documentos necessários. Entre eles devem estar o currículo, cartas de apresentação, cartas de recomendação profissionais, diplomas, comprovantes de participação em cursos e por aí em diante. Esse esforço agora reduz preocupações mais à frente, na hora em que os documentos forem requisitados.Relacionado: Conheça a relação de documentos para admissão

Como construir um currículo?

Se você nunca montou o seu próprio currículo, o melhor é procurar ajuda profissional. O currículo é a primeira coisa que o seu potencial empregador verá, e é sabido o peso que têm as primeiras impressões, principalmente em uma situação de entrevista de emprego.Caso não consiga ajuda, não há problema: há muitos recursos on-line que você pode consultar para construir um currículo eficiente. É importante notar que os melhores currículos são sucintos e devem ser criados especialmente para o emprego a que você está se candidatando, ou seja, você deve evitar utilizar um mesmo currículo ao se candidatar a posições muito diferentes.Relacionado: Como Preparar um Currículo Funcional (com modelo)

Como escrever uma carta de apresentação?

Apesar de as cartas de apresentação não serem pedidas com muita frequência pelos recrutadores, elas continuam por vezes tendo influência e não são menos importantes na busca de emprego.A carta de apresentação é a sua chance de brilhar e se destacar frente aos outros candidatos. Use-a para despertar o interesse de seu potencial empregador e conseguir uma entrevista pessoalmente.

Comece enviando os seus currículos

Assim que tiver toda a sua pasta de documentos pronta, comece a enviar currículos. Em vez de mandar currículos para todas as empresas que estão recrutando na sua área profissional, faça uma lista de empresas nas quais gostaria de trabalhar, pesquise sobre elas, familiarize-se com a cultura da empresa e candidate-se às vagas que estiverem abertas. Escolher empresas com as quais você se identifica é um passo na direção certa quando o assunto é entrevista de emprego. Afinal, com a contratação, é ali que passará os próximos anos.Lembre-se também de fazer uma lista de todas as vagas às quais se candidatou e, depois, acompanhe e anote quaisquer novidades à medida que for recebendo respostas dos recrutadores.

Onde posso encontrar vagas de emprego?

Atualmente, você pode encontrar a grande maioria das vagas de emprego anunciadas on-line, tanto no site das empresas (geralmente na seção “Carreiras”) quanto em portais de emprego.O melhor site por onde começar é a plataforma Indeed, visto que milhares de vagas são postadas aqui a cada semana, e você pode até carregar seu currículo diretamente para a plataforma, o que torna o processo de candidatura ainda mais fácil e rápido. Além do mais, o Indeed deixa você filtrar as oportunidades de emprego por localização e inclui ainda a opção de buscar vagas de trabalho remoto ou à distância.Leia também: Profissões em que se pode trabalhar 4 horas dia

Construa sua rede de contatos

Enquanto segue todos os passos detalhados aqui, você deve continuar investindo na criação da sua rede de contatos profissionais, uma vez que esse processo, muitas vezes chamado pelo termo em inglês de networking, é cada vez mais importante.As redes sociais profissionais ajudam bastante nesse processo, tanto na hora de encontrar pessoas que trabalham na empresa em questão quanto na de entrar em contato com os colaboradores. Com algum tempo e perseverança, além do contato com pessoas já dentro da empresa, fica mais fácil encontrar uma vaga de emprego ainda não anunciada que combina perfeitamente com o seu perfil.

Prepare-se para entrevistas

Depois de enviar sua candidatura para várias vagas, você receberá uma resposta dos recrutadores. Quando a resposta é positiva, vem a próxima parte: a entrevista.

Algumas dicas para ter uma boa entrevista

Para muitos candidatos, a entrevista é justamente a parte mais assustadora da busca de emprego. No entanto, com as dicas certas você pode ser muito bem-sucedido na conversa com seus recrutadores:
  • Siga o código de vestimenta da empresa a qual se candidata. Algumas empresas têm um código mais estrito, enquanto outras apoiam um estilo casual. Pesquise as preferências da empresa e vá preparado.
  • Adapte-se às condições da entrevista. Seja ela por telefone, por videochamada ou pessoalmente, cada modelo requer cuidado e aderência a regras de conduta especiais.
  • Esteja preparado para tudo. Como é impossível saber exatamente as perguntas que seu entrevistador fará, prepare respostas para todo o tipo de pergunta.

Peça opiniões e não desista

Por último, lembre-se de pedir comentários sobre a sua candidatura à pessoa ou departamento responsável pelo recrutamento.Se for rejeitado após uma entrevista, o que é algo normal e pelo qual todos temos de passar, peça para o recrutador dar a opinião sobre o que você fez de certo e de errado. Na maioria das vezes, eles estão dispostos a dar essa informação. Com ela, você pode melhorar os seus pontos fracos e aumentar as suas chances de conseguir um outro emprego no futuro. Não perca a esperança e continue trabalhando e desenvolvendo suas habilidades.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos