Como conseguir emprego no posto de saúde em 4 tipos de contratação

Atualizado em: 3 de outubro de 2023

Os caminhos profissionais na área da saúde se ampliam após a conclusão de um curso. Depois da graduação, você já passou por estágios, aprendeu sobre diversos assuntos e sabe o que deseja fazer na carreira. Caso tenha habilitação em medicina, psicologia, enfermagem, assistência social, entre outras áreas afins, você pode querer saber como conseguir emprego no posto de saúde. Confira, neste artigo, algumas maneiras de integrar a equipe que trabalha nesses locais e prestam atendimento à comunidade.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

Como trabalhar em postos de saúde

Há diferentes caminhos para conseguir um emprego em um posto de saúde. Entre eles, estão realizar provas de admissão e conseguir aprovação em concurso público, em Regime Especial de Direito Administrativo (REDA) ou em residência médica.Além disso, é possível conseguir um contrato de trabalho e atuar nesse segmento por intermédio de empresas terceirizadas. Em todos os casos, há remuneração compatível com o cargo e a função. Veja mais alguns detalhes a seguir sobre cada uma dessas alternativas.

Concurso público

Qualquer pessoa que queira trabalhar em um posto de saúde precisa ter atenção aos editais de concurso público publicados pelas secretarias de saúde de estados e municípios ou pelo próprio Ministério da Saúde do Governo Federal. Neles é possível conferir informações sobre o prazo da inscrição, o número de vagas disponíveis, o local da prova, o conteúdo programático, bem como outros dados. Para conquistar um cargo mediante aprovação em concurso é necessário estudo e dedicação. Mesmo assim, caso obtenha êxito, saiba que o prazo para a convocação de profissionais selecionados pode demorar até 4 anos. O tempo de espera também tem relação com a posição para a qual uma pessoa se classifica, podendo também ser contatada em caso de desistências. De qualquer maneira, geralmente, os concursos públicos na área da saúde não especificam onde você vai trabalhar, mas determinam apenas qual é o cargo a ser preenchido. A lotação de cada profissional em diferentes unidades de saúde caberá ao departamento ou secretaria de saúde responsável, sendo que a posição de aprovação também tem influência sobre a decisão.

REDA

Diferente dos concursos púbicos que oferecem estabilidade e um trabalho permanente, a aprovação em provas para trabalhar mediante o Regime Especial de Direito Administrativo (REDA) permite que você tenha um contrato de prestação de serviço por tempo determinado, passível de ser renovado ou não.Porém, da mesma forma que os concursos públicos, o REDA exige aprovação em prova e segue as regras de lotação dos cargos nas unidades da saúde, assim como o do funcionalismo público.

Residência médica

Se você pretende fazer residência médica em um posto de saúde, saiba que esse é um dos locais onde pode aprofundar seus conhecimentos, assim como usufruir de uma vivência prática e de aprendizados teóricos.Há oportunidades para se especializar ou se preparar para provas de especialização em diferentes áreas da medicina. Vale a pena destacar que a residência funciona como uma pós-graduação e, em alguns casos, é um pré-requisito para adquirir o título de especialista.Assim como o concurso público e o REDA, a residência médica exige que você passe por um concurso. Após aprovação, sua lotação pode ser definida mediante a necessidade das unidades de saúde e sua classificação. Os órgãos públicos frequentemente publicam os editais com informações sobre a avaliação e as especialidades médicas oferecidas pelas vagas de residência.Relacionado:

Empresa terceirizada

Além de provas para concurso, REDA ou residência médica, saiba que você pode conseguir uma oportunidade de trabalho em um posto de saúde mediante a contratação por uma empresa privada terceirizada que preste serviço para as unidades públicas de saúde. Nesse caso, o processo seletivo é completamente diferente e contará com análise de currículo, carta de apresentação e entrevista.Se Você busca oportunidades de emprego nessa área, pesquise instituições particulares que contratam diferentes profissionais para órgãos públicos de saúde. Vale a pena também conferir anúncios em sites de emprego usando palavras-chave como Sistema Único de Saúde (SUS) e posto de saúde.Aviso legal: informamos que nenhuma das empresas, instituições ou organizações mencionadas neste artigo é afiliada ao Indeed.

Quais profissionais atuam nos postos de saúde

Geralmente, um posto de saúde conta com uma equipe de Estratégia Saúde da Família (ESF), a qual tem, no mínimo, quatro tipos de profissionais:
  1. Médico generalista, ou especialista em Saúde da Família, ou médico de Família e Comunidade.
  2. Enfermeiro generalista ou especialista em Saúde da Família.
  3. Auxiliar ou técnico de enfermagem.
  4. Agentes comunitários de saúde. Podem ser acrescentados a essa composição os profissionais de Saúde Bucal: cirurgião-dentista generalista ou especialista em Saúde da Família, auxiliar e/ou técnico em Saúde Bucal.
Não é incomum, no entanto, que profissionais de outras áreas também integrem a equipe de atendimento básico de saúde à população, tais como na área de psicologia, odontologia, fisioterapia, nutrição, assistência social, fonoaudiologia, farmácia, assim como administração e administração hospitalar.Relacionado:

Tipos de atendimento em postos de saúde

A comunidade atendida em postos de saúde tem acesso a consultas, vacinas, exames laboratoriais, inalações, curativos e vários outros procedimentos. Além disso, as pessoas podem receber orientações sobre doenças e prevenções, atenção com saúde mental, planejamento familiar e cuidado com doenças crônicas como diabete e hipertensão. 

Qual a diferença entre posto de saúde e UBS?

É normal que muitas pessoas tenham dúvidas sobre a diferença entre um posto de saúde e uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Há até mesmo quem acredite que postos de saúde e UBS sejam coisas diferentes, mas, na verdade, não são. Desde 2007, a nova forma de se referir aos locais de atendimento de saúde para a população é UBS (Unidade Básica de Saúde). De qualquer maneira, o termo “posto de saúde”, usado desde a década de 1980, também continua em uso.

A importância do atendimento gratuito à comunidade

Independentemente do nome, a função de uma UBS ou posto de saúde é essencial para a promoção da saúde na sociedade. Vinculada ao Sistema Único de Saúde (SUS), ela é um centro de atenção primária que oferece cuidados de saúde à população de uma região.Esse serviço visa realizar diagnósticos, tratamentos, redução de danos, reabilitação e manutenção da saúde. Não é papel da UBS, por exemplo, realizar atendimentos de níveis intermediários, realizados pelo serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA). As UBSs também não lidam com situações de média e alta complexidade, como acidentes, infartos e cirurgias, direcionadas para hospitais.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos