Encontrando um emprego

Conheça as técnicas para fazer um bom vídeo de apresentação profissional

Com o vídeo de apresentação profissional, você não precisará imprimir folhas de seu currículo com informações sobre sua formação acadêmica e profissional. Por meio dele, sua apresentação aos selecionadores será mais rápida, e você poderá mostrar detalhes que não podem ser exibidos por escrito, como seu jeito de falar, por exemplo. Entretanto, você precisa conhecer algumas técnicas para fazer um vídeo de apresentação seja o mais profissional possível. Confira neste artigo que preparamos algumas dicas para alcançar este objetivo.

Por que é importante saber como fazer um vídeo de apresentação?

Conquistar um emprego nos dias de hoje não é como há 15 anos. Um bom profissional, portanto, deve estar atento a essas mudanças, que podem surgir com o desenvolvimento tecnológico ou por meio de eventos de grande magnitude, como a pandemia dos anos 2020.

Além disso, caso você queira trabalhar de forma remota, enviar uma apresentação profissional por meio de vídeo será a forma mais conveniente de dizer ao selecionador como você é.

O presente e o futuro da apresentação profissional

Entre as evidências apresentadas pela pandemia, está a de que o funcionamento do mundo estará cada vez mais ancorado no trabalho remoto. Logo, por que acreditar que a primeira apresentação de um candidato a uma empresa será, predominantemente, por meio da entrega de um currículo impresso?

Dessa forma, cabe aos candidatos reconhecerem essa nova realidade e adaptarem-se a ela. E a melhor maneira de se adaptar é sabendo quais são os requisitos básicos para a criação de um vídeo de apresentação profissional.

Como preparar um vídeo de apresentação profissional

Preparar um vídeo de apresentação profissional é como preparar respostas para uma entrevista de emprego. Você deverá organizá-las com base exclusivamente em sua formação acadêmica e profissional, nos projetos que apresentou e nos conhecimentos que adquiriu. Tanto em uma apresentação em vídeo quanto em uma presencial, informe apenas o que for relevante para o selecionador e não entre em muitos detalhes sobre você. Por exemplo, se disser no vídeo de apresentação profissional que possui conhecimentos de língua inglesa, esteja pronto para a possibilidade de que o selecionador faça perguntas nessa língua.

Concentre-se, em primeiro lugar, no conteúdo de sua apresentação. Organize tudo o que pretende dizer em tópicos para não se perder. Só após considerar estes aspectos é que você deve ir para os próximos quesitos. Não se esqueça de que estar bem preparado é fundamental. Afinal, você não vai querer gaguejar durante sua apresentação em vídeo.

Em relação aos aspectos técnicos, caso você não possua um aparelho em boas condições (algum que possua boa captação de áudio, por exemplo), peça um emprestado a uma pessoa de confiança. É válido lembrar, também, que você não fará um único vídeo. À medida que melhorar sua experiência profissional, será preciso gravar um novo arquivo com suas informações atualizadas. É como um currículo tradicional que é atualizado conforme temos novas experiências profissionais e acadêmicas.

Escolhendo o que você apresentará no vídeo

A primeira coisa em que deverá pensar é o conteúdo do vídeo. Você poderá estar vestido de maneira impecável, sua câmera poderá ser a melhor, mas se o conteúdo não for bem apresentado, suas chances de ser considerado para o cargo pretendido serão nulas.

Quando falamos de conteúdo, nos referimos:

  • à sua formação acadêmica
  • à sua experiência profissional
  • a como você pode contribuir para o crescimento da empresa

Sua apresentação profissional em vídeo será como o momento de uma entrevista de emprego. A grande diferença é que você não terá perguntas para responder. Quanto à sua formação acadêmica, destaque o que estudou e onde. Ao falar de sua experiência profissional, diga como ela foi importante para você e os projetos que, possivelmente, você tenha desenvolvido. Finalmente, exponha na gravação como pode ser útil na empresa em que quer trabalhar. Lembre-se de dizer o que sabe sobre ela também.

Linguagem verbal, corpo e roupas

Um vídeo de apresentação profissional deve ser pensado com base em muitos detalhes. Um deles tem a ver com a escolha da linguagem verbal. Ela não precisa ser extremamente formal, a ponto de deixá-lo sem saber como se expressar. Por outro lado, deve estar isenta de coloquialismos.

O modo como você se posicionará durante a gravação também será algo muito relevante na análise do recrutador. Ou seja, se você se apresentar com os ombros para baixo, não passará a melhor primeira impressão. Procure uma cadeira confortável, sente-se com as costas eretas e apresente-se. Posicione-se tal como se posicionaria, presencialmente, diante do potencial chefe.

Por último, mas não menos importante, esteja bem arrumado. É lógico que a pessoa que assistirá ao seu vídeo o verá somente dos ombros para cima (a não ser que você queira ficar de pé). Mas procure utilizar uma roupa formal, deixar o cabelo bem arrumado e o rosto, limpo. No caso das mulheres, uma maquiagem leve é muito bem-vinda.

A escolha do local para a gravação

Além de prestar atenção ao conteúdo, às roupas e à linguagem verbal e corporal, você deverá escolher muito bem o lugar para gravar o vídeo. Tanto o ambiente visual quanto o sonoro podem fazer uma enorme diferença na recepção geral de sua mensagem.

  • Analise o ambiente. O seu quarto está bagunçado? Você tem duas opções: arrumá-lo ou escolher outro lugar para a gravação. Tenha em mente que qualquer detalhe pode contribuir para satisfazer o seu recrutador, até mesmo a maneira como você é capaz de administrar a arrumação do seu quarto.
  • Acerte na iluminação. Você precisa ser bem visto. Portanto, nada de ambientes com pouquíssima luz. Recomenda-se que a gravação seja feita durante o dia, já que você poderá aproveitar a iluminação natural. De todos os modos, modere a entrada de luz. Uma boa dica é utilizar uma ring light. Muito utilizada por influenciadores digitais, esta lâmpada circular melhorará consideravelmente a iluminação do seu rosto.
  • Mantenha silêncio no local. Escolha um momento de silêncio total para a gravação. O motivo é simples: seu recrutador possui interesse em ouvir cada palavra da sua apresentação. Qualquer ruído contínuo (latidos, pessoas conversando, sirene de ambulância e obras, por exemplo) diminuirá a qualidade do seu vídeo e poderá prejudicá-lo.

Aspectos técnicos do vídeo

Uma apresentação profissional deve ser simples. Ela é apenas uma gravação, por isso, você não precisará incluir efeitos sonoros ou visuais, como se fosse um vídeo para postar na internet. Entretanto, esteja atento aos seguintes itens:

  • Formato da tela. Caso você use um celular para fazer o vídeo de apresentação profissional, faça a gravação em formato horizontal. Dessa forma, o vídeo não ficará distorcido e poderá ser visualizado tanto em computadores quanto em dispositivos móveis.
  • Estrutura de suporte da câmera. Se utilizar um celular para fazer a gravação, posicione-o sobre um suporte firme, como um tripé. Se você ficar segurando o aparelho, isso deixará a gravação tremida, o que prejudicará a visualização do arquivo.
  • Captação de áudio. Você quer ser bem ouvido, não é mesmo? Portanto, verifique se o sistema sonoro do seu aparelho está em perfeitas condições. Grave um vídeo de teste e envie para alguma pessoa de sua confiança para conferir se o arquivo está abrindo corretamente e se o som está audível.

Como se preparar para apresentar o conteúdo

Como você pôde ver, o processo de produção de um vídeo de apresentação profissional envolve muita atenção aos detalhes. A lista que expusemos foi feita por ordem de relevância, começando pelo aspecto mais relevante. O que você disser no vídeo é equivalente ao que você diria caso estivesse em uma entrevista presencial de emprego. Felizmente, a tecnologia permite que driblemos dificuldades como as causadas pela pandemia, e possamos continuar nos candidatando às vagas em aberto.

O conteúdo do seu vídeo deve ter a duração suficiente para que o selecionador tenha uma ótima noção sobre você. Assim, a gravação não pode ser curta demais, com cerca de 30 segundos, por exemplo. Por outro lado, tampouco é desejável que dure mais de cinco minutos, para que não seja cansativo e nem tome muito tempo do recrutador.

A elaboração do conteúdo a ser apresentado é bem semelhante à elaboração de um roteiro de apresentação de um trabalho escolar ou universitário. Escreva o que deseja falar, ensaie quantas vezes forem necessárias, e faça testes de gravação. Caso queira, peça que outra pessoa assista à apresentação antes de realizar a apresentação oficial.

Tenha confiança para se apresentar

É possível que sua principal dificuldade seja a falta de confiança. Entretanto, você terá muitas oportunidades para gravar, assistir às suas gravações e regravar quantas vezes forem necessárias.

Para se sentir mais seguro durante a apresentação, leia e releia suas anotações. Tenha em mente que você não precisará falar de toda a sua vida acadêmica e de toda a sua experiência profissional. Além disso, durante a gravação, você deverá estar olhando para a câmera, não para o papel. Mantenha o olhar firme para a câmera o tempo todo, pois isso transmite confiança.

Relacionados

Ver mais 

Pesquisa: Como a COVID-19 afetou o mercado de trabalho e o que esperar para 2021

Em meio a uma pandemia e uma crise global de empregos, o Indeed encomendou um estudo para mostrar o sentimento de trabalhadores e empregadores depois de um ano turbulento.

Me formei, e agora?

Acabou de se formar e se sente perdido? Confira tudo o que você precisa saber para conquistar um emprego assim que se formar na escola ou na faculdade.