Como trabalhar em posto de saúde sem concurso

Atualizado em: 12 de outubro de 2023

Quem pensa em trabalhar em um posto de saúde pode se perguntar se é necessário fazer um concurso público para isso. É bom saber que existem vagas que podem ser preenchidas mediante um processo simplificado, mais acessível. Neste artigo, você encontrará informações de como é o serviço nos postos de saúde e suas exigências, bem como os passos para conseguir uma vaga de trabalho sem precisar passar pelo concurso.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

Por que é interessante trabalhar em postos de saúde?

Posto de saúde é o nome popular, e talvez mais conhecido, das unidades de saúde que prestam atendimentos essenciais à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Por serem unidades de atenção primária e integral, as pessoas que ali trabalham adquirem uma grande experiência em atendimentos individuais e coletivos para diferentes faixas etárias, como medidas de promoção da saúde, prevenção de doenças, tratamento e recuperação, de modo a impactar positivamente a saúde da população.Trabalhar na atenção básica é uma oportunidade de aperfeiçoamento profissional e pode funcionar como um treinamento em enfermagem e medicina. Essas unidades se dividem em duas classes, as unidades básicas de saúde (UBS) e as unidades de saúde da família (USF). Veja a diferença entre essas duas unidades a seguir:

Unidade básica de saúde

Atende à população de um bairro, em demandas relacionadas à saúde da mulher, da criança, do idoso, saúde mental, planejamento familiar, prevenção do câncer, pré-natal e cuidado de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Tem em sua equipe profissionais:
  • da medicina (clínico geral, pediatra e ginecologista)
  • da enfermagem (com formação superior e também técnica)
  • da odontologia (com formação superior e técnico em saúde bucal)
  • agentes comunitários de saúde
  • assistente social
Relacionado: Assistentes sociais e mercado de trabalho

Unidade de saúde da família

Atende até 3,5 mil habitantes de uma área pré-definida, com ênfase no cuidado integrado, sanitarismo, programas de promoção de saúde em grupo e prevenção de doenças.
Tem a mesma equipe multidisciplinar que a UBS, porém com diferença na equipe médica, com profissionais generalistas e do programa Saúde da Família.
Relacionado: Como se tornar um médico

Como conseguir um emprego em um posto de saúde?

Existem basicamente duas formas de começar a trabalhar em postos de saúde. Uma delas é mediante um concurso público. O segundo caminho é a possibilidade de conquistar uma vaga por meio de processos seletivos simplificados. Essa última é a forma através da qual a maioria das prefeituras está contratando profissionais para suprir as demandas.São as secretarias municipais, em conjunto com o Ministério da Saúde, as responsáveis por selecionar, contratar e remunerar os profissionais que compõem as equipes multiprofissionais de atenção básica.

Concurso público

Muitas vezes, as pessoas que trabalham em postos de saúde entram para o serviço público por meio de concurso, de forma convencional. Os editais de convocação para os concursos públicos são divulgados pelos sites das prefeituras e também pela empresa que realizará o processo. Para quem tem interesse em conquistar uma vaga assim, é importante saber como funciona um concurso público e se preparar com antecedência, visto que costumam ser muito concorridos e é preciso estudar o extenso conteúdo cujo conhecimento é verificado nas provas, principalmente sobre a legislação do SUS.

Processo seletivo simplificado

Processo seletivo simplificado é a forma de contratação de pessoas para trabalhar em funções que necessitam profissionais urgentemente. É considerado "simplificado", pois contempla apenas algumas etapas do concurso público. A contratação é feita por tempo determinado e não gera qualquer vínculo com cargos ou empregos públicos.Esse tipo de processo de seleção é amparado pela lei nº 8745 de 1993, que considera a assistência a emergências em saúde pública como sendo de interesse público.Para os profissionais que trabalham nos postos de saúde, o tempo máximo do contrato é de seis meses, mas este pode ser renovado por até dois anos.É importante prestar atenção nos sites das prefeituras e secretarias de saúde dos municípios nas quais se tem interesse em trabalhar. Normalmente, ali são divulgados os editais de contratação. Cada processo tem etapas e requisitos determinados previamente por portarias municipais.

Requisitos para participar do processo seletivo simplificado

Na maioria dos processos é necessário:
  • ter nacionalidade brasileira
  • não ter antecedentes criminais e estar em gozo dos direitos políticos, civis e quite com as obrigações militares, no caso de pessoas do sexo masculino
  • ter no mínimo 18 anos
  • comprovar a escolaridade exigida para a vaga
  • ter inscrição no órgão de classe profissional
De acordo com a prefeitura, esses requisitos podem variar.

Etapas do processo seletivo simplificado

Além da inscrição, que é a primeira etapa de todos os processos, também existem outras fases, que variam conforme cada localidade:
  • prova de assuntos específicos da área de atuação
  • análise documental de experiência profissional na área
  • prova objetiva, que pode conter questões de língua portuguesa, saúde pública e conhecimentos específicos
Em algumas localidades, solicita-se um currículo antes da análise dos documentos. Por isso, é importante saber como fazer um currículo profissional que inclua as informações pertinentes à vaga.Tanto para o concurso público quanto para o processo seletivo simplificado, é necessário já ter formação na área, mas essa exigência não é aplicada aos estágios.Relacionado: Modelo de currículo de Técnico de Enfermagem

Qual o caminho mais rápido para trabalhar em postos de saúde?

Se você ainda não tem formação em uma das profissões requisitadas nos postos de saúde, o caminho mais rápido para trabalhar em um deles é por meio da função de agente de saúde.
Os requisitos para os processos simplificados nessa área são:
  • ensino médio completo
  • idade mínima de 18 anos
  • residir na região do posto
  • curso básico de agente comunitário de saúde
O curso pode ser feito em poucos dias, com duração média de 80 horas, oferecido em modelo presencial ou on-line. Para que a atenção básica seja eficaz e integral, o SUS define um acompanhamento e monitoramento dos indivíduos e das famílias no nível domiciliar. E é isso o que faz um agente comunitário de saúde.Esse costuma ser o cargo mais ofertado, pois é necessário manter um número suficiente de agentes comunitários de saúde para cobrir toda a população cadastrada.Relacionados:Essa é uma área que se apresenta como uma ótima oportunidade para as pessoas formadas em medicina, enfermagem, odontologia, serviço social, técnico em enfermagem, saúde bucal e agente comunitários de saúde se inserirem no mercado de trabalho ou complementar a renda com mais um serviço. Outra vantagem é a possibilidade de ganhar experiência na área. Ao trabalhar em um posto de saúde, você prestará serviços diretamente à população. Com a leitura desse artigo, você já deu o primeiro passo e ficou sabendo sobre os processos seletivos exigidos.Aviso legal: informamos que nenhuma das empresas, instituições ou organizações mencionadas neste artigo é afiliada ao Indeed.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos