Encontrando um emprego

Empregos que pagam bem no Brasil: Quais são as profissões mais bem remuneradas?

A remuneração de uma profissão costuma ser um dos principais fatores para a escolha de uma profissão. Porém, o mercado de trabalho está cada vez mais dinâmico. Uma profissão que paga bem atualmente poderá não ter tanta demanda nem a mesma remuneração dentro de cinco, dez ou vinte anos.

Mas não podemos esquecer que certos fatores para obter um bom emprego que pague bem ainda não mudaram. Ter uma boa formação, experiência prévia e especialização na área continuam sendo fatores muito importantes para conseguir um emprego com boa remuneração.

Além disso, ainda há uma grande variedade de empregos com grande potencial de proporcionar bons salários e que continuam em alta mesmo em momentos de instabilidade econômica e inovações tecnológicas constantes.

Candidate-se facilmente com um Currículo Indeed

Profissões que ganham bem no Brasil

Se você procura por uma profissão que pague bem, separamos uma lista com algumas daquelas que possuem os melhores salários atualmente em nosso país:

É um dos cursos que demanda maior tempo de formação. A duração do curso é de aproximadamente 6 anos, boa parte deles em regime integral.

Após se formar, o profissional receberá o título de bacharel em Medicina e poderá trabalhar como clínico geral, responsável por efetuar o primeiro atendimento ao paciente, podendo intervir e/ou efetuar o encaminhamento para um especialista.

A dedicação nessa formação é compensada por salários que giram em torno de R$ 7.500,00 para uma carga de 20 horas semanais. É muito comum que um médico concilie 2 empregos e tenha uma remuneração mensal maior.

E não se esqueça de que esse pode ser só o começo, pois é muito importante destacar que há uma variedade de especializações para escolher. De acordo com o Conselho Federal de Medicina, atualmente há 55 especialidades médicas disponíveis.

Essa formação complementar (chamada de “residência”), possui cerca de 2 anos de duração e permite que o potencial de ganhos de um médico seja ainda maior, considerando local de trabalho, complexidade e necessidade de sua especialidade. Após terminar a residência, o médico especialista pode obter um salário inicial de R$ 8 mil mensais.

Ainda na área da saúde, a odontologia também é uma carreira valorizada. Nos últimos anos, a demanda por dentistas aumentou bastante no Brasil.

Normalmente relacionamos o trabalho do dentista especificamente aos dentes e estruturas adjacentes de nossa boca. Porém, a área de atuação deste profissional vai muito além disso.

O dentista está habilitado a trabalhar também com estruturas que envolvem a face, pescoço e cavidade bucal. Abrange também ossos, musculatura mastigatória, articulações e tecidos. Isso vale tanto para questões clínicas quanto para fins estéticos, que é um mercado em franco crescimento.

A média salarial de um dentista no Brasil é de R$ 3.700,00 por mês. Mas como há 23 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia, o salário do especialista pode ser ainda maior.

Por exemplo, um ortodontista – uma das profissões mais bem pagas do Brasil – recebe uma média salarial mensal de R$ 4.750,00, podendo chegar a receber até R$ 6.200,00.

É importante ressaltar também que muitos dentistas são donos de seus próprios consultórios e, por causa disso, não possuem salário fixo. Por outro lado, podem receber mais do que a média salarial do país, dependendo dos serviços oferecidos, da demanda e da região em que atuam.

No campo das ciências exatas, a engenharia compartilha com a medicina uma grande quantidade de especialidades disponíveis para você escolher, porém com uma vantagem importante: na engenharia, a especialização é feita já na formação principal, que geralmente leva 5 anos para concluir.

Normalmente, a maior demanda do mercado é por engenheiros civis, que são essencialmente os profissionais que projetam e gerenciam obras em geral.

Mas engenheiros podem optar por áreas que envolvem desde a atuação com o meio ambiente (agrícola, ambiental, florestal e de pesca) até áreas de materiais, alimentos, mecânica, entre outras. Há pelo menos 22 especialidades reconhecidas pelo Ministério da Educação atualmente.

Mesmo com a desaceleração econômica dos últimos anos, ainda há uma grande demanda por bons engenheiros no Brasil. Por isso, os engenheiros costumam figurar entre os profissionais mais bem pagos do país, com salários iniciais de R$ 4 mil.

Em média, os salários na área da engenharia giram em torno de R$ 8 mil, podendo chegar a R$ 32 mil em algumas especialidades, como o engenheiro de minas, por exemplo. Por ser uma área com bastante demanda e muito competitiva, outro fator que pode incrementar bastante os salários são eventuais promoções para cargos de maior hierarquia.

Com o desenvolvimento cada vez mais rápido da tecnologia, os profissionais de TI são muito valorizados e procurados no Brasil e no mundo.

No Brasil, um Analista de Sistemas Júnior recebe em média R$ 5.200,00 em início de carreira. Após alguns anos de experiência, os salários desta função podem ultrapassar os R$ 8 mil.

Nesta área, também há um leque de opções, podendo um profissional de TI atuar em áreas como programação, redes, banco de dados, desenvolvimento mobile, entre outros.

Também há empresas especializadas em prover soluções de TI, o que dá outra grande oportunidade para ingressar, se desenvolver e obter uma boa promoção. Com isso, há a possibilidade de uma elevação maior ainda dos salários.

Caso você opte por essa carreira, é importante saber que essa é uma das áreas mais dinâmicas do mercado e, portanto, é fundamental se manter atualizado, além de ter afinidade com tecnologia e bom entendimento da língua inglesa, pois praticamente todo o conteúdo desta área requer conhecimento do idioma.

Uma das profissões mais prestigiadas das últimas décadas possui uma particularidade que talvez você não saiba: para ser piloto de avião, não é preciso possuir curso superior. No entanto, é necessário estudar e cursar muitas aulas práticas e horas de voo.

Logo de início, o curso teórico leva uma média de 4 meses. O próximo passo nessa formação é encontrar uma escola homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para voar pelo menos 150 horas.

Após o estudo de teoria e prática, o piloto em formação deverá ser aprovado em exames médicos e provas da ANAC.

Geralmente, o objetivo principal do piloto de avião é ser comandante de aeronaves de passageiros para grandes companhias aéreas. Na aviação civil, são nestas posições onde as maiores remunerações residem.

É importante reforçar que, para chegar a essa possibilidade, o piloto comercial precisará realizar ainda mais cursos e horas de voo (em torno de 1.500 horas). Só então poderá começar a receber o salário inicial de R$ 5.500,00 em companhias nacionais, salário esse que pode chegar a R$ 25 mil em companhias aéreas internacionais.

Profissionais de Marketing e Vendas são responsáveis por tornar um produto ou serviço atrativo, com o objetivo de vendê-lo para o consumidor final.

O setor de comércio e serviços é um dos poucos que não deixam de crescer, mesmo em tempos de crise. Isso se dá pelo fato de que a oferta e disponibilidade de produtos e serviços, seja nos meios tradicionais ou digitais, é muito grande no mercado.

O profissional de Marketing e Vendas pode optar por realizar um curso superior, mas isso não é obrigatório. Entretanto, devemos ressaltar que, para alcançar os maiores salários disponíveis no mercado, ter um bacharelado na área é muito importante. Além disso, realizar uma pós-graduação também ajuda muito.

O salário médio de um analista de marketing é de R$ 3.700,00. Para cargos de gerência, a renda média mensal pode atingir R$ 12 mil e, para cargos de diretoria, o rendimento pode chegar a até R$ 29 mil por mês.

Essa também é uma área bastante vasta, na qual, além de estudo e experiência, habilidades como criatividade, comunicação e vendas são muito importantes para se destacar e concorrer pelos maiores salários.

Uma das profissões menos tradicionais que talvez você não esperasse ver nesta lista é a dos profissionais da área de geologia.

O objeto de estudo do geólogo é, resumidamente, a terra e suas propriedades. Ou seja, em um país com dimensões continentais, rico em recursos naturais e grande atividade econômica como o Brasil, não é difícil entender o porquê desse especialista ser bastante requisitado.

Para se tornar um profissional na área, é necessário realizar uma graduação em Geologia, que possui 5 anos de duração. O geólogo pode trabalhar em áreas que envolvem extração de recursos como petróleo, minerais e até água em aquíferos subterrâneos, além de poder atuar em órgãos públicos.

Apesar da necessidade de profissionais dessa área para o avanço da atividade econômica, o Brasil costuma ter um déficit destes profissionais. Para se ter uma ideia, o salário inicial de um geólogo é de R$ 5.982,00, mas não é nada difícil encontrar vagas que paguem cerca de R$ 8 mil, chegando até mesmo a R$ 10 mil. No ápice da carreira, o salário desse profissional pode chegar a R$ 25 mil.