10 habilidades do profissional do futuro e como desenvolvê-las

Atualizado em: 25 de março de 2024

As mudanças e inovações no mundo têm ocorrido de forma cada vez mais rápida e constante. Um exemplo disso é que atualmente é muito fácil conseguir um carro pelo celular de forma rápida e barata, algo inimaginável há cerca de duas décadas. Recentemente, vimos surgir a possibilidade de ser pago para jogar videogames, gravar vídeos para a internet e muitas atividades que nunca foram remuneradas. Essas inovações surtiram efeito diretamente no mercado de trabalho, que extinguiu determinadas profissões e, em contrapartida, gerou novas oportunidades.Até as profissões mais tradicionais, que embora não tenham sido extintas, também foram afetadas de alguma forma pela tecnologia. Por isso, para não ficar para trás, é importante que todos os profissionais se mantenham atentos e se adequem às mudanças que surgirem. Neste artigo, listaremos as habilidades necessárias para estar preparado para o mercado de trabalho no futuro.Relacionado: 6 profissões que não existirão no futuro
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

As 10 habilidades para o futuro

O futuro deverá ser cada vez mais automatizado e é previsto que a inteligência artificial evolua de forma rápida e gradativa, substituindo funções antes ocupadas por pessoas. Num primeiro momento, isso pode parecer preocupante, mas é importante lembrar que a humanidade já passou por momentos parecidos, como na Revolução Industrial que ocorreu entre os séculos 18 e 19, em que o serviço artesanal foi substituído pelas máquinas.Em diversos momentos houve temor e protestos contra o desenvolvimento, pois as pessoas temiam as consequências poderiam trazer, como o desemprego em massa através da substituição do trabalho humano. Porém, o efeito foi o oposto. As máquinas precisavam do trabalho humano para serem operadas, o que ajudou a gerar uma nova série de empregos que antes não existiam. E isso está ocorrendo novamente.Caminhamos para um futuro onde a inteligência artificial tende a automatizar cada vez mais os processos. Assim, os trabalhos que envolvem habilidades técnicas deverão ser gradativamente executados pelas máquinas.Veja abaixo cada uma dessas 10 habilidades para o futuro que você certamente deveria desenvolver profissionalmente:

Pensamento crítico

Em uma época em que a informação abundante e pode ser produzida por qualquer pessoa, saber julgar e interpretar se torna cada vez mais importante. O pensamento crítico é a habilidade para o futuro que consiste em refletir sobre uma determinada informação, seja falada, escrita, entre outros. Assim, apontamos algumas dicas para melhorar esta habilidade:
  • Expanda seu vocabulário. É importante expandir o conhecimento sobre as palavras e expressões. Como essa habilidade se baseia na reflexão, conseguir entender o que é dito tornou-se fundamental.
  • Busque entender as atividades exercidas na empresa. No trabalho, é esperado que todos os funcionários executem as tarefas que lhes são solicitadas. Isso também vale para as demais atividades da empresa, mesmo que sejam indiretas. Você já deve ter passado por uma situação na qual identificou algum erro e não fez nada, pois era responsabilidade de outra pessoa. O funcionário que compreende as atividades como um todo e reporta eventuais sugestões é certamente aquele que as empresas querem manter em seu quadro de colaboradores.

Criatividade

A criatividade é algo intrinsecamente humano e por mais que você não se considere uma pessoa criativa, fique tranquilo, é possível desenvolvê-la. Confira a seguir algumas dicas para treinar seu pensamento criativo:
  • Consuma conteúdo. Uma das melhores formas de desenvolver sua criatividade é consumindo conteúdo de diferentes fontes, principalmente através da leitura. Por meio dela, seu cérebro é estimulado a ilustrar as informações recebidas através das palavras, o que desenvolve sua capacidade de abstração.
  • Comunique-se com outras pessoas. Compartilhe suas ideias e experiências com os outros. O hábito de conversar e argumentar também estimula o cérebro a pensar rápido, o que impulsiona o raciocínio e a criatividade.
  • Pratique atividades que não domina. Fazer algo em que você é bom costuma ser muito fácil e prazeroso, mas também cria uma zona de conforto que não traz muitos estímulos. Fazer atividades que você não domina ou não tem experiência exigirá um esforço maior, o que pode estimular a criatividade.
Relacionados:

Gestão de pessoas

Saber lidar com pessoas sempre foi uma habilidade muito valiosa e que vem ganhando cada vez mais importância. O capital intelectual é um dos principais ativos de uma empresa e podem ser a grande diferença entre o sucesso e o fracasso.A gestão de pessoas é uma atividade que foi elevada ao nível estratégico das empresas e envolve um amplo conhecimento do comportamento e perfis dos profissionais, além da análise e melhoria constante do ambiente de trabalho.

Coordenação com os outros

Essa habilidade vai além do trabalho em equipe. A coordenação de tarefas envolve a colaboração, compartilhamento, comunicação e outros aspectos que visam a otimização dos resultados e também do bom relacionamento entre os funcionários.

Inteligência emocional

Muita gente acredita que ter inteligência emocional é o mesmo que conseguir controlar suas emoções. Na realidade, como elas são repentinas e não podem ser controladas, isso pode ser meio inviável. Por isso, ter inteligência emocional significa saber entender suas próprias emoções e compreender como lidar com elas em diversos momentos, além de conseguir usá-las em seu favor.

Julgamento e tomada de decisões

Esta habilidade para o futuro está diretamente ligada ao pensamento crítico e suas nuances. Como as empresas atualmente estão lidando com um fluxo maior de dados e projetos que precisam ser resolvidos em curto tempo, é de extrema importância que o profissional saiba que rumo seguir e como proceder quando enfrentar determinado problema.Além disso, como as informações estão cada vez mais abundantes, é imprescindível saber interpretá-las para tomar as decisões que parecerem corretas para o momento.

Orientação para servir

Servir é uma das principais razões de qualquer negócio. As empresas existem para satisfazer determinada necessidade de um determinado grupo de clientes. Além disso, é muito importante que elas consigam se adaptar às mudanças no comportamento das pessoas e saibam adequar seus produtos a elas. Você pode aplicar este mesmo conceito para sua atuação como profissional dentro de uma empresa.Tentar entender a necessidade dos demais, sejam chefes, colegas de trabalho ou clientes e colocar-se a disposição para ajudar é uma habilidade cada vez mais apreciada e que não deverá ser muito diferente no futuro.

Negociação

Outra habilidade que envolve um grande fator humano é a negociação. Ela acompanha a humanidade desde os primórdios e dificilmente deixará de ser necessária seja pessoal ou profissionalmente.Muitas pessoas argumentam não serem “boas de negócio”, mas saiba que um bom processo de negociação envolve alguns processos simples. É importante ter em mente que ela não é e nem precisa ser uma disputa entre quem pode ganhar mais. Por isso, mesmo que você não tenha um talento inato para ser um grande negociador, saiba que é possível desenvolvê-la com bastante treino e estudo.A boa negociação é o meio que duas partes utilizam para chegar a um acordo comum que beneficie ambos. Por isso, estudar previamente suas variáveis e escutar o que a outra parte tem a dizer são boas formas para entender o rumo que a negociação está tomando. Assim, fica mais fácil concluir o processo com eficácia, propondo uma solução que contemple bem as partes envolvidas.Relacionado:

Flexibilidade cognitiva

Um profissional com flexibilidade cognitiva consegue imaginar soluções incomuns e criativas para resolver diversos problemas que surgirem no cotidiano. Por isso, essa habilidade para o futuro tem bastante relação com a criatividade.A flexibilidade cognitiva preza que o profissional pense fora da caixa, e para isso, estimular a criatividade é uma boa forma de aprimorá-la. Não estamos falando apenas sobre ter grandes ideias ou reinventar a roda. Na realidade, encontrar soluções simples é algo muito fácil e que é sempre apreciado no ambiente corporativo, seja atualmente ou no futuro.

Resolução de problemas complexos

Por fim, funcionários que sabem resolver situações que fogem do rotineiro e do manual deverão ter lugar reservado nas empresas do futuro. Com as mudanças cada vez mais dinâmicas, as situações inesperadas também deverão ser mais frequentes. Assim, ter um profissional que consiga lidar com estes problemas com eficiência é algo muito valorizado. Veja algumas dicas para desenvolver esta habilidade:
  • Continue estudando. Busque o aprimoramento constante, estude e mantenha-se atualizado. Participe de palestras e discussões que abordem este assunto e tente criar situações que te tirem de sua zona de conforto, forçando-o a encontrar soluções criativas e que não demandem muitos recursos.
  • Desenvolva as demais habilidades. Desenvolver a maioria das habilidades citadas nos tópicos anteriores terá um forte impacto na melhoria de sua capacidade de resolução de problemas. Por exemplo, ter pensamento crítico para analisar uma situação, junto com a capacidade de coordenação e gestão de pessoas poderá produzir um resultado eficaz na resolução de um problema complexo na empresa.
Leia mais:
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Artigos relacionados

Profissões do futuro: 9 apostas de carreira

Leia mais artigos