Os melhores trabalhos para adolescentes

Atualizado em: 17 de março de 2023

Neste artigo, falaremos um pouco sobre o trabalho para adolescentes, como ingressar no mercado de trabalho durante a adolescência, e a relação entre jovens e o mercado de trabalho.Contextualizaremos as dificuldades educacionais frente à preparação desses jovens para o mercado de trabalho, abordaremos os obstáculos encontrados em virtude da falta de oportunidades de trabalho e falaremos sobre as principais tendências do mercado e como elas ganharam notoriedade. Apresentaremos também a importância de uma estrutura educacional sólida e seus resultados.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

Desejo ingressar no mercado de trabalho e sou adolescente. O que devo fazer?

A resposta é que não há uma fórmula disponível para sanar essa dúvida, nem tampouco um plano para que a juventude esteja preparada para o mercado de trabalho. Na maior parte das vezes, as pessoas acabam entrando no mercado da forma mais difícil, com muitas tentativas e erros, e geralmente tendem a aceitar o primeiro emprego que encontram por não terem poder de escolha e por possuírem um currículo com pouca ou nenhuma experiência.Com o passar dos anos, pouco vemos sobre os efeitos de uma preparação melhor rumo ao mercado de trabalho. Referimo-nos à preparação técnica e profissionalizante de quem está em vias de concluir o Ensino Médio e começa a vislumbrar o horizonte do mercado de trabalho. Apesar de haver escolas públicas secundárias voltadas para o conhecimento técnico e profissionalizante de adolescentes, o número de escolas não é suficiente.Portanto, caso você seja adolescente, saiba que está entrando na vida adulta e precisará carregar consigo a responsabilidade de entrar no mercado de trabalho. Confira abaixo algumas das opções de trabalho:
  • Freelancer – esta é uma porta de entrada muito comum para que adolescentes possam dar os primeiros passos no mercado de trabalho. Por exemplo, há trabalhos relacionados à edição de vídeos, confecção de artes visuais como logotipos, banners e filtros.
  • Revendedor digital – muitas empresas contratam jovens para fazerem vendas dos seus produtos via e-commerce, de forma comissionada e remota.
  • Digital influencer – essa profissão parte do pressuposto de que você pode falar sobre aquilo que realmente tem domínio, em diversas plataformas de comunicação; é um mercado que tem crescido e se tornado tendência entre adolescentes.
  • Dog Walker – essa profissão está mais voltada a adolescentes que desejam fazer uma graninha extra, trabalhando por algumas horas ou nos finais de semana.
  • Digitação ou Transcrição – do conforto de sua casa, você poderá transcrever documentos de áudio ou vídeo, ou fazer digitação de documentos.
Agora que você já conheceu essas profissões, falaremos sobre a formalização do trabalho para adolescentes.O meio mais comum é o programa do governo chamado Jovem/Menor Aprendiz, aplicável a jovens com faixa etária entre 14 e 24 anos, de acordo com projeto de lei n.º 10.097/2000, que informa que 5% das pessoas contratadas por empresas de médio e grande porte devem ser aprendizes pelo tempo mínimo de um ano e máximo de dois anos nessa modalidade. Desse modo, confira alguns dos benefícios que esse programa oferece:
  • Carteira de trabalho assinada;
  • Vale-transporte e vale-alimentação;
  • Jornada de trabalho de seis horas para quem ainda estuda o ensino básico, e oito para quem já finalizou;
  • Recolhimento do INSS e FGTS;
  • 13° Salário;
  • Férias;
  • Salário-mínimo/hora.
Essa é uma ótima opção no cenário nacional, pois tem aumentado a cada dia a procura por jovens aprendizes que buscam o primeiro emprego. No entanto, o programa não é suficiente para abarcar todas as pessoas que buscam uma colocação no mercado de trabalho de nosso país. Infelizmente, ainda há um número expressivo de jovens que não têm a mesma sorte, principalmente nas cidades e estados mais afastados dos polos industriais e das grandes cidades.Outra grande vantagem em relação a este programa é que a pessoa, após o término do seu contrato, poderá optar pela renovação do contrato, caso seja do interesse dela e da empresa. Isso costuma acontecer quando a pessoa se destaca por alguma habilidade desenvolvida, competência adquirida, ou pelo simples fato de ter mostrado motivação, interesse, dedicação em crescer e continuar na carreira. Vale ressaltar que o novo contrato será firmado fora dos parâmetros do programa.De qualquer forma, ainda que o contrato não seja renovado, a pessoa sairá da empresa com experiência comprovada em carteira, o que lhe ajudará a encontrar outro emprego.

Dicas

Uma dica que deixamos a quem tem a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho pelo programa Jovem/Menor Aprendiz, ou por meios convencionais de recrutamento, é: sempre dê o melhor de si, para se destacar e poder assegurar a vaga e trilhar caminhos mais longos.O início é sempre mais árduo e, por isso, toda a dedicação é pouca.

Leis trabalhistas e o ECA

Fazemos um adendo em respeito às leis trabalhistas, pois toda a nossa discussão está pautada no artigo 60 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que aponta a proibição do trabalho às crianças menores de 14 anos; sua emenda, que faz menção à proibição do trabalho em período noturno; e a conformidade com a lei de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), artigo 428, que aponta o trabalho de uma pessoa a partir dos 14 anos sendo admissível somente sob “Contrato de Aprendizagem”.Caso você esteja passando por essa fase de busca de emprego, também pode tentar ingressar no mercado pela forma convencional. Isso não é impossível, mas sabemos que os obstáculos são maiores nesse período. No entanto, você precisará se preparar um pouco mais no início e, por isso, temos uma série de artigos cujos tópicos abordam assuntos que incluem como você pode montar um currículo, como responder a determinadas perguntas durante a entrevista de emprego e como potencializar suas habilidades e competências profissionais.Sua grande vantagem, seja você da Geração Z ou não, é que seu poder de pesquisa é imenso e, por causa disso, temos a certeza de que muito em breve você alcançará o seu objetivo. Nós agradecemos a sua atenção no decorrer do assunto abordado, esperamos que esse artigo faça você refletir sobre o tema e encontrar soluções mais rápidas.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Artigos relacionados

Qual é a diferença entre jovem aprendiz e estagiário?

Leia mais artigos