O que faz um analista de recrutamento e seleção

Editado por

Atualizado em: 12 de março de 2024

Analistas de recrutamento e seleção trabalham para atrair e selecionar os melhores talentos para as posições disponíveis. Conduzem todo o processo de recrutamento, desde a definição do perfil necessário até a realização de entrevistas para selecionar as pessoas mais adequadas.Neste artigo, conheça mais sobre o que faz um analista de recrutamento e seleção, suas funções e responsabilidades, onde pode trabalhar, quanto ganha e carreiras afins.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

O que analistas de recrutamento e seleção fazem?

Profissionais da área coordenam e conduzem essencialmente todo o processo de recrutamento e as atividades associadas à busca e seleção de novas pessoas para uma organização. Isso inclui a definição do perfil desejado, a condução de entrevistas e a seleção final de candidatos e candidatas. Abaixo, você encontra mais detalhes sobre as responsabilidades comuns para analistas de recrutamento e seleção.

Condução do processo de recrutamento e seleção

Para selecionar novas pessoas para as vagas de uma empresa, analistas de recrutamento e seleção trabalham desde o início do processo. A primeira tarefa é definir o perfil profissional ideal para cada função. Com a ajuda de assistentes de recrutamento ou técnicos de RH, esses profissionais publicam anúncios de emprego, verificam currículos, entrevistam pessoas e selecionam as com perfil mais adequado para cada posição.

Condução de dinâmicas e testes

Analistas de recrutamento e seleção podem utilizar testes de conhecimentos técnicos ou outros tipos de testes usados no RH para avaliar as candidaturas. Se tiverem formação em psicologia e registro no Conselho Federal de Psicologia (CFP), esses profissionais podem utilizar também os testes psicológicos no recrutamento e seleção.

Análise de dados e tendências do mercado de trabalho

Profissionais da área podem analisar dados e tendências do mercado de trabalho para identificar as habilidades e competências mais demandadas e se atualizar das ferramentas de RH utilizadas no momento, como a inteligência artificial e softwares de triagem de currículos.

Treinamento e desenvolvimento

Ao identificar oportunidades de melhoria, esses profissionais também podem se envolver em atividades de treinamento e desenvolvimento para aprimorar as habilidades e competências da equipe existente.Relacionado: Diferença entre recrutamento e seleção

Onde analistas de recrutamento e seleção podem trabalhar?

Analistas da área trabalham em uma variedade de locais, os quais incluem:
  • empresas de recrutamento e seleção;
  • departamentos de recursos humanos de qualquer empresa;
  • organizações sem fins lucrativos;
  • consultoria autônoma, ao prestar serviços a empresas ou organizações de forma independente;
  • setor público, como universidades e hospitais.
Relacionado: Como se especializar em departamento pessoal?

É difícil se tornar analista de recrutamento e seleção?

Para se tornar analista de recrutamento e seleção, você precisa ter uma formação em psicologia, administração de empresas, recursos humanos ou áreas relacionadas. Também é preferível ter certa experiência prévia na área de recrutamento, como estágios. Porém, outros fatores, como habilidades pessoais e comportamentais, também desempenham ajudam a conseguir um emprego na área, assim como cursos sobre novas tendências de RH e gestão de pessoas, especializações e adendos do tipo.Leia mais: O que é necessário para trabalhar no RH

Habilidades para analistas de recrutamento e seleção

Independentemente de sua formação ou experiência, algumas habilidades são muito bem-vistas para seu sucesso na carreira. Veja, abaixo, exemplos de habilidades para analistas da área.

Habilidades de comunicação

Analistas de recrutamento e seleção passam muito tempo interagindo com membros da equipe de RH, gestores e profissionais que se candidatam às vagas. Portanto, precisam ter excelentes habilidades de comunicação para expressar claramente suas expectativas e delegar tarefas.

Habilidades de julgamento e tomada de decisão

Quem trabalha nesse cargo deve aprender, na prática, a tomar decisões difíceis, pois suas escolhas podem impactar a equipe e a empresa como um todo.

Habilidades de negociação

Profissionais da área certamente precisarão, em algum momento, negociar salário com quem tem interesse nas vagas, fazer reuniões com gestores, chefia, diretoria da organização, clientes e outras partes interessadas. Essas habilidades são essenciais para chegar a acordos mutuamente benéficos e garantir que as necessidades de todos sejam atendidas.

Habilidades de tecnologia

O mundo do trabalho está cada vez mais digitalizado e isso também se aplica ao recrutamento e seleção. Analistas dessa área do RH precisam ter familiaridade com as ferramentas e tecnologias utilizadas no processo de recrutamento, como softwares de gestão de currículos, recrutamento inteligente e uso de redes sociais para encontrar profissionais com qualificação, entre outras competências em tecnologia.Relacionado: Como será o trabalho no futuro?

Salário médio para analistas de recrutamento e seleção

O salário médio para o cargo em questão está na faixa de R$ 3.000 a 5.000 mensais no Brasil, sem contar outras remunerações em forma de benefícios. No entanto, esse valor pode variar a depender da localização geográfica, o tamanho e o tipo da empresa e também o nível de experiência e de especialização em recursos humanos. Você também pode checar as vagas de analista de recrutamento e seleção na sua região e verificar os requisitos mais frequentes e seus salários para as oportunidades em aberto.
Obtenha um feed de vagas personalizado no Indeed
Seja a primeira pessoa a ver novas vagas em sua área

Trabalhos semelhantes ao de recrutamento e seleção

Segue, abaixo, uma lista de trabalhos semelhantes às funções da área de recrutamento e seleção.

1. Consultoria de recursos humanos

Salário médio nacional: R$ 4.000 a 9.000 mensais
Principais funções: nesse cargo, você trabalha provendo consultoria para empresas a fim de melhorar e otimizar os processos de RH da instituição, como o recrutamento e a seleção de pessoas. Para isso, é preciso ter bastante experiência prévia na área.
Encontre vagas de consultoria de RH

2. Gerente de recursos humanos

Salário médio nacional: R$ 7.000 a 17.000 mensais
Principais funções: cargo que supervisiona todas as funções de RH, que incluem recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, e gestão de benefícios.
Encontre vagas de gerente de RH

3. Analista de treinamento e desenvolvimento

Salário médio nacional: R$ 3.000 a 4.000 mensais
Principais funções: profissão responsável por desenvolver e implementar programas de treinamento para melhorar as habilidades e competências de quem trabalha na empresa ou organização.
Encontre vagas de analista de treinamento e desenvolvimento

4. Analista de desenvolvimento humano e organizacional

Salário médio nacional: R$ 3.000 a 4.000 mensais
Principais funções: trabalha para melhorar a eficácia organizacional, o que pode incluir melhorar os processos de recrutamento e seleção.
Encontre vagas de analista de desenvolvimento organizacionalAs informações sobre médias salariais são extraídas de publicações nos sites indicados, com checagem na data de redação deste artigo. Os valores ficam sujeitos a variações de acordo com as características de cada vaga de trabalho.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos