O que faz um produtor executivo (as principais atribuições do cargo)

Atualizado em: 19 de fevereiro de 2024

Qualquer tipo de evento, obra cinematográfica, programa de TV, novela, peça teatral, entre outros, começa com uma ideia. Os produtores executivos são os profissionais responsáveis por verificar se essas ideias são viáveis técnica, artística e economicamente e, em caso afirmativo, tirá-las do papel. Se esse meio desperta o seu interesse e se você tem inclinação para as áreas de logística e administrativa, essa profissão pode ser para você. Neste artigo, você entenderá melhor o que faz um produtor executivo e as principais atribuições desse profissional.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

O que é produção executiva

Em resumo, a produção executiva se dá em diferentes esferas ligadas ao entretenimento, como eventos, obras cinematográficas, peças teatrais, documentários, festivais, séries e programas de TV. Contudo, o trabalho de produtores executivos no campo audiovisual é um dos mais comuns: nesse contexto, a produção executiva acontece nos bastidores das gravações e é essencial para que as filmagens de séries, filmes e programas de TV aconteçam.O produtor executivo pode ser contratado por projeto ou prestar serviços fixos, e, em linhas gerais, é a alma do negócio, ou seja, é quem faz tudo acontecer. Esse profissional conhece todas as etapas necessárias para a realização de determinada produção, entende e cuida dos trâmites logísticos, administrativos e estratégicos e fica responsável pela captação de recursos para dar vida à obra.Muitas vezes, os produtores executivos ajudam com questões de adaptação para que tudo caiba no orçamento. Essas pessoas também elaboram o projeto de filmes e recebem o roteiro das obras, conseguindo ajudar diretores de cinema em relação aos aspectos práticos, como:
  • Locais de filmagem;
  • Itens que compõem o cenário;
  • Elementos diversos (maquiagem, câmeras, acessórios etc.);
  • Número de pessoas envolvidas.
É válido lembrar que é comum haver confusão em relação a dois profissionais no meio audiovisual que têm funções com nomes semelhantes: produtor e produtor executivo. A seguir, vamos entender brevemente as diferenças.

Entenda a diferença entre produtor e produtor executivo

O produtor de um filme ou uma empresa produtora são pessoas física ou jurídica que investiram na obra e esperam um retorno financeiro maior do que o valor investido. Em geral, essas entidades têm prioridade nas decisões relacionadas às produções e detêm os direitos de exibição e distribuição delas.Já os produtores executivos são os profissionais responsáveis pela gestão de projetos. Ou seja, são eles que colocam a mão na massa para que determinada obra saia do papel. Esses profissionais cuidam de orçamentos, cronogramas e prestações de contas, inclusive quando as produções são realizadas com o auxílio de orçamento público.Leia também: O que faz um produtor, confira a rotina desse profissional

Quais são as principais atribuições de produtores executivos

Como mencionado, produtores executivos desenvolvem a estratégia do projeto e cuidam da sua gestão, o que envolve desde as etapas de financiamento, execução e exibição até a etapa de prestação de contas. Desde a concepção até a entrega de um projeto, geralmente há cinco etapas:
  1. Desenvolvimento
  2. Pré-produção
  3. Produção
  4. Pós-produção
  5. Distribuição e veiculação
Com base nisso, confira o que faz um produtor executivo:
  • Verifica se a ideia do projeto em questão é viável e começa a desenvolvê-la;
  • Entende o que determinado público-alvo espera;
  • Elabora o cronograma da produção e define o seu orçamento;
  • Cria um plano de financiamento e inscreve o projeto em editais de captação de recursos para que ele tenha apoio financeiro;
  • Cria um documento para registrar todas as ações da gestão do projeto;
  • Segue normas sindicais e a legislação geral, como ao cumprir a Lei do Audiovisual;
  • Fecha parcerias com elenco e equipe técnica;
  • Supervisiona a área jurídica em relação à obtenção de alvarás, licenciamentos e outras liberações necessárias;
  • Consulta sindicatos, associações e colegas de indústria, quando necessário;
  • Procura conciliar aspectos criativos e operacionais de cada projeto ao aliar demandas de clientes, produtores ou empresas produtoras, membros da equipe e fornecedores;
  • Orienta equipes de produção, como assistentes;
  • Compra ou aluga os materiais necessários;
  • Faz com que o projeto siga o planejamento proposto até a hora da entrega, seja em cinemas, programas de TV, streamings, festivais etc.;
  • Realiza a prestação de contas, apresentando todos os comprovantes de compras.
É válido ressaltar que as atribuições da profissão dependem de cada área. Um projeto televisivo, por exemplo, envolve processos diferentes de um projeto voltado à indústria musical. Quer um exemplo?Quando falamos de programas de TV, as atribuições de produtores executivos podem ser de selecionar reportagens e entrevistas, supervisionar as etapas de obtenção de notícias e/ou analisar a qualidade dos programas veiculados.A seguir, confira três funções desses profissionais com mais detalhes.

1. Captar recursos

Para tirar uma ideia do papel, é preciso transformá-la em um projeto e, posteriormente, arrecadar fundos para fazê-la acontecer. Por isso, produtores executivos precisam usar planilhas para definir o custo de cada uma das etapas de produção e entrar em contato com empresas e profissionais para realizar orçamentos, além de planejar e executar métodos de captação de recursos e corte de gastos, se necessário.Em geral, essa etapa está ligada a elementos como orçamento, fluxo de caixa, controle de pagamentos e prestação de contas, que, por sua vez, envolvem certas particularidades: os planejamentos orçamentários de séries documentais, por exemplo, são diferentes daqueles relacionados a séries de ficção.Relacionado: O que faz um captador de recursos (salário e habilidades)

2. Criar cronogramas e executar projetos

Após a aprovação do projeto, é preciso definir as etapas de execução dele. Essas etapas envolvem as atividades, as pessoas, os materiais e outros elementos necessários para a execução da obra. Normalmente, o produtor executivo antecipa erros e já conta com segundas opções como plano B.Em geral, um cronograma já é apresentado com a ideia inicial do projeto. Entretanto, é comum que esse documento passe por uma série de mudanças de acordo com cortes de gastos, possíveis erros e demais imprevistos. Daí, cabe ao produtor executivo lidar com essas questões e orientar assistentes e outros membros da equipe sobre como agir.

3. Prestar contas

A prestação de contas é uma das últimas etapas de um projeto. Ela consiste em demonstrar como os recursos captados, tanto públicos quanto privados, foram investidos ao longo do projeto. Para isso, é comum montar uma planilha que detalhe as atividades realizadas, os equipamentos comprados e os demais gastos da produção.

Quais são as opções de formação e a média salarial da profissão

Em geral, não é preciso ter uma graduação em cursos de nível superior, como cinema, rádio e TV, jornalismo, publicidade e propaganda ou outros ligados ao meio audiovisual, mas ter uma formação na área é importante para exercer a profissão com excelência e, claro, ressaltar o seu currículo profissional. Há diferentes cursos no mercado para quem quer seguir na área de produção executiva:E quanto esses profissionais ganham, em média?No Brasil, a média salarial de produtores executivos é de R$ 4.449 mensal, e a média de outras remunerações, envolvendo bônus, comissões e participação nos lucros, é de R$ 1.190 mensal. Confira outros salários voltados à área audiovisual de acordo com diferentes localidades:Além da questão geográfica, outros fatores que influenciam os salários e as remunerações são o tempo de experiência profissional, o envolvimento com obras que tiveram algum tipo de destaque e o porte da empresa que realiza as contratações.

O que é preciso para se tornar um produtor executivo

Como visto, produtores executivos lidam com prazos, negociações, fundos arrecadados, pessoas, imprevistos e adaptações, entre outras situações que exigem muito jogo de cintura. Além disso, confira o que é preciso para se tornar um produtor executivo:
  • Conseguir lidar com mais de um projeto ao mesmo tempo;
  • Ter conhecimento especializado na indústria de entretenimento;
  • Contar com habilidades comportamentais para lidar com equipes e resolver problemas;
  • Ter habilidades de gestão para elaborar e executar projetos;
  • Saber tomar decisões;
  • Ter capacidade de seguir orçamentos e fazer adaptações e inovações sempre que necessário;
  • Cumprir os prazos acordados e ter comprometimento com os resultados;
  • Ter habilidades de negociação para contratar serviços terceirizados;
  • Criar e gerenciar uma cartela de parceiros e fornecedores;
  • Realizar visitas técnicas para ter uma visão geral dos ambientes;
  • Entender conceitos fundamentais de marketing, cenografia, sonorização, iluminação e logística.
Também é válido lembrar que produções, em geral, podem ser focadas em públicos-alvo nichados ou em grandes audiências. Por isso, produtores executivos precisam entender não só as especificações técnicas, artísticas e econômicas de um projeto, como também se ele atende às expectativas dos consumidores.As informações sobre médias salariais são extraídas de publicações nos sites indicados, com checagem na data de redação deste artigo. Os valores ficam sujeitos a variações de acordo com as características de cada vaga de trabalho.Aviso legal: informamos que nenhuma das empresas, instituições ou organizações mencionadas neste artigo é afiliada ao Indeed.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos