O que faz um recepcionista hospitalar

Atualizado em: 17 de janeiro de 2023

Você sabe o que faz um recepcionista hospitalar? A pessoa que atua nessa função é uma parte muito importante da equipe de saúde. É na recepção que ocorre o primeiro contato com os pacientes, e são os recepcionistas que os direcionam para o atendimento adequado.Um acolhimento positivo é essencial para corroborar com a boa imagem da instituição de saúde. Explicaremos neste artigo o que faz um recepcionista hospitalar e quais são as suas atribuições.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

Definindo a profissão

Recepcionista hospitalar é a pessoa que atende pacientes e seus familiares, sendo responsável pela impressão inicial do hospital ou clínica. Seu trabalho é relevante para médicos, gestores e demais funcionários, pois recepcionistas devem manter o funcionamento do espaço e garantir o bem-estar dos pacientes antes de eles entrarem nos consultórios.O posto de trabalho é geralmente uma mesa ou balcão, no qual é possível interagir com o público de modo prático e fácil. Recepcionistas não atendem apenas aos pacientes, mas também costumam lidar com representantes de produtos farmacêuticos, fornecedores, médicos, profissionais da enfermagem e demais colaboradores. Precisam manter o ambiente calmo e ser eficientes para atender ligações, agendar consultas e receber pacientes.Entre suas funções, também está a de cuidar da rotina dos médicos, auxiliando no controle da agenda. Devem assim colaborar para a agilidade das consultas. Devem ter simpatia e saber conversar com as pessoas de maneira tranquila e com a devida paciência, garantindo um acolhimento humanizado.Recepcionistas que trabalham na área hospitalar podem encontrar oportunidades de emprego em diversas instituições. Algumas delas são: consultórios, clínicas dos mais variados tipos, hospitais e ambulatórios. O horário de trabalho costuma ser de segunda à sexta-feira, mas, algumas vezes, precisam comparecer aos sábados. Caso a instituição seja 24 horas, como clínicas de pronto atendimento, as pessoas trabalham em esquema de escala, podendo atender nos finais de semana, feriados e no turno da noite.

Principais atribuições

Mais do que apenas atender ligações e fazer fichas de pacientes, o trabalho de recepcionista hospitalar é cheio de outras demandas. Em sua rotina, tem diversas ocupações, que, se não forem bem feitas, podem atrapalhar o andamento de seu local de trabalho. Listamos abaixo algumas de suas principais funções:
  • Atender pacientes;
  • Abrir novas fichas de cadastramento ambulatoriais;
  • Organizar os procedimentos da recepção;
  • Direcionar pacientes para consultórios e salas de exames;
  • Preparar e abastecer as salas de coletas, de exames e os locais de atendimento;
  • Participar de reuniões diárias com os profissionais para saber organizar as rotinas e agendas;
  • Manter os documentos organizados e fáceis de encontrar;
  • Garantir um fluxo de informações adequado;
  • Responder os questionamentos dos pacientes;
  • Atualizar as fichas dos pacientes veteranos.

Como se tornar recepcionista hospitalar?

Para atuar como recepcionista hospitalar, é preciso ter completado o ensino médio. Em alguns casos, os empregadores podem pedir certos cursos de qualificação para atender a critérios específicos de recrutamento. Esses conhecimentos específicos podem ser relacionados a faturamento, gestão de consultórios, atendimento ao público, secretariado, ética médica, entre outros.Não existe uma faculdade com formação específica para este cargo. Qualquer pessoa que queira trabalhar nessa área e busque algum tipo de qualificação pode atuar na função. Esses conhecimentos a mais podem ser adquiridos por meio de cursos livres ou outras formações, como minicursos, palestras e workshops, de forma presencial ou remota. Essa profissionalização pode ser o diferencial que garantirá o destaque no mercado de trabalho.Saber como funciona um ambiente hospitalar, conhecer os departamentos que compõem a instituição e quais profissionais trabalham ali pode ser uma vantagem. Esse conhecimento pode ser adquirido após a contratação, mas, caso você já tenha essas informações, poderá ter mais chances em relação à concorrência.

Principais habilidades

Pessoas que trabalham como recepcionistas hospitalares devem ter algumas competências que ajudarão a cumprir bem com suas atribuições. Tais habilidades pessoais são fundamentais para se destacar no mercado de trabalho. Listamos abaixo algumas delas:
  • Marketing Pessoal
Cuidar da imagem e aparência é necessário para diversos cargos, e, para recepcionistas, é fundamental. Essas são as pessoas que representarão a instituição, sendo indispensável o uso de roupas adequadas. Além da aparência, a maneira de falar, a postura, a linguagem e os gestos também devem estar alinhados. Por isso, apresentar boa habilidade de comunicação é essencial.
  • Atendimento
Ao atender as pessoas, recepcionistas devem estar sempre com um sorriso amigável no rosto. A simpatia é crucial para receber as pessoas que chegam ali, muitas vezes doentes ou preocupadas com sua saúde. Demonstrar disponibilidade, prestando atendimento claro e agradável é essencial. Esse tipo de atitude tende a tranquilizar as pessoas e fazer com que a reputação da organização seja positiva.
  • Atenção
A atenção é um ponto vital em todas as profissões, e, em uma recepção hospitalar, onde há alta demanda de documentos, essa habilidade é primordial. Todos os dias, recepcionistas de hospital lidam com autorizações, pedidos médicos, exames, receitas e outros tipos de documentos. Para dar conta de tanto papel, as pessoas que trabalham nessa função precisam estar muito atentas, para evitar erros que podem causar transtornos tanto aos pacientes quanto aos funcionários.
  • Organização
Esta é outra competência muito visada na área, pois a organização é fundamental para a boa manutenção das atividades de um hospital. A falta de organização também influencia a maneira como o público vê o seu trabalho, causando uma má impressão que pode ser associada à instituição de saúde. Para agilizar suas tarefas, use formulários, organize os papéis em pastas e evite o uso de documentos impressos.
  • Discrição
Recepcionistas de hospital acabam ficando a par de assuntos privados de seus pacientes, como resultados de exames e outras informações que não lhe dizem respeito. Por isso, deve-se sempre prezar por manter a discrição, não levando essas informações para terceiros. Isso se aplica também em relação a informações e dados de médicos e dos demais funcionários aos quais você possa ter acesso. Esses dados são sigilosos e devem ser mantidos com discrição.
  • Proatividade
Normalmente, quem trabalha no atendimento ao público tem diferentes fluxos de pessoas ao longo do dia. Nos momentos de ócio, é hora de executar as tarefas que não conseguiram durante as horas em que estavam em atendimento. Isso é fundamental para cumprir todas as atividades que estão sob sua responsabilidade. Não é preciso esperar alguém pedir para você fazer isso, se já sabe que é sua função. A proatividade é uma característica muito promissora e visada em qualquer ambiente, e, no ramo hospitalar pode ajudar a salvar vidas.

Mercado de trabalho

A demanda de trabalho para recepcionistas em hospitais costuma ser bastante alta, já que essas pessoas podem atuar em diversas instituições de saúde. Há ainda, em algumas organizações, a chance de promoção, recebendo cargos de liderança nesses ambientes. Isso ocorre quando os profissionais investem em formações e se destacam, demonstrando suas qualidades profissionais. A média salarial de recepcionista hospitalar é de R$1500,00 mensais. Esse valor pode variar de acordo com vários fatores, como o porte da instituição e a região do país.O trabalho desses profissionais não se restringe apenas ao conhecimento técnico e a habilidades pessoais. É preciso também haver um preparo psicológico. Afinal, costumam lidar com muitas situações complicadas em sua rotina. Se não houver certo preparo emocional, podem ultrapassar o limite entre o profissional e o pessoal.As informações sobre médias salariais são extraídas de publicações nos sites indicados, com checagem na data de redação deste artigo. Os valores ficam sujeitos a variações de acordo com as características de cada vaga de trabalho.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Artigos relacionados

Descubra o que faz um concierge hospitalar

Leia mais artigos