O que um operador de cobrança faz e onde pode trabalhar

Atualizado em: 23 de abril de 2024

Em um mundo com tantas possibilidades de compra, financiamento e crédito, não é raro que pessoas e empresas acabem contraindo dívidas e percam o controle financeiro. Quando isso acontece, entram em cena os profissionais especializados em lidar com o processo de quitação de dívidas. Além de cobrar e notificar sobre contas em aberto, sua função é combater a inadimplência e colaborar para a saúde financeira de seus contratantes.A seguir, descubra o que faz um operador de cobranças, saiba quais são suas principais funções e responsabilidades, veja que habilidades são exigidas pela profissão e confira informações sobre o mercado de trabalho.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

O que é um agente de cobrança

Profissionais de operação de cobrança, ou agentes de cobrança, são responsáveis por cobrar dívidas, atrasos e pendências de clientes, propor e negociar formas de pagamento, acompanhar o andamento de acordos e analisar diversos tipos de título. Nesse processo, podem cuidar de várias tarefas envolvidas e colaborar com profissionais de outros departamentos e empresas. A demanda para a profissão é mais acentuada em organizações dos ramos comercial, financeiro e varejista, além do setor de prestação de serviços diversos.

Quais são as funções de um agente de cobrança

Como operador de cobrança, uma grande parte de seu cotidiano de trabalho consistirá em fazer cobranças diretamente com clientes, seguindo os procedimentos protocolares de cada empresa, que estabelecem as formas de comunicação e abordagem. Subsequentemente ao contato, você cuidará de tarefas de acompanhamento, registro, pós-atendimento e gestão.É comum que as empresas invistam em treinamentos constantes para padronizar a metodologia de seus profissionais e melhorar o serviço prestado no mercado. Isso também pode beneficiar você no desenvolvimento de carreira.Veja quais são as principais funções, tarefas e responsabilidades mais comuns no dia a dia de profissionais de cobrança:
  • entrar em contato com clientes para fazer cobranças de contas em aberto ou dívidas, negociando formas de pagamento e propondo as melhores soluções;
  • enviar faturas e boletos bancários para pagamento, bem como verificar seu pagamento;
  • acompanhar o recebimento de e-mails, boletos, informativos e comunicados;
  • analisar títulos;
  • apresentar formas de pagamento e quitação;
  • enviar relatórios de valores, clientes e desempenho;
  • fazer o controle dos documentos relacionados;
  • analisar o desempenho de atendimento a clientes;
  • fazer cálculos de juros e outros encargos financeiros relativos a faturas e títulos em atraso;
  • enviar contratos e acordos que oficializam propostas de liquidação;
  • negociar prazos, abatimentos, condições, parcelamento, restituição de mercadorias, cheques com problemas e notas de débito com clientes;
  • registrar informações de negociação, controlar planilhas e atualizar cadastros;
  • esclarecer dúvidas;
  • auxiliar em tarefas e rotinas de banco;
  • contatar empresas de sistemas, envio e retorno de cobrança quando necessário;
  • prestar apoio à gestão de ressarcimento de sinistros;
  • trabalhar com diferentes sistemas e programas de gestão de clientes, cálculos financeiros, atendimento, gerenciamento de e-mails, entre outros;
  • garantir que títulos não sejam enviados para protesto e negativação;
  • elaborar demonstrativos mensais ou históricos de cobranças;
  • manter controle atualizado de inadimplentes, conforme os índices financeiros empregados pela empresa;
  • fazer o acompanhamento de cobranças judiciais.
Relacionado: Descubra o que faz um recuperador de crédito

Perfil profissional, habilidades e competências

O perfil de profissionais de cobrança exige que você seja uma pessoa organizada, analítica e responsável, empregue uma boa comunicação, saiba atender pessoas, tenha paciência e bom humor, além de ter conhecimentos de informática, matemática, finanças e rotinas contábeis e administrativas. Criatividade e resolução de problemas também são ideais, pois um dos seus papéis principais é propor soluções que convençam a outra parte a zerar sua dívida o quanto antes.A empatia e as habilidades pessoais em geral são outro ponto importante para esse tipo de trabalho, uma vez que isso ajuda você a se colocar no lugar de clientes para entender sua situação e experiência, podendo assim adequar melhor as soluções. Além disso, conhecer técnicas de vendas para fazer acordos e propostas, compreender as particularidades de cada caso e lidar com objeções também é imperativo para atuar no cargo.Relacionado: As melhores habilidades para colocar no currículo

Como trabalhar com operação de cobranças

As exigências para ocupar uma vaga de operação de cobranças dependerão das atribuições da vaga e setor de atuação. Algumas empresas exigem o ensino médio completo e um curso técnico ou profissionalizante, enquanto outras requerem uma graduação em administração ou ciências contábeis, por exemplo. Tais graduações de nível superior são no nível de bacharelado, com duração média de quatro anos. Treinamentos e cursos específicos voltados para operações de cobrança também podem aumentar suas chances de conseguir uma colocação profissional.

Salário de quem trabalha com operações de cobrança

De acordo com a seção de salários do Indeed, o salário base médio para quem trabalha no cargo de operador de cobrança no Brasil é R$ 1.383,00 por mês. Outros componentes da remuneração, como adicionais, auxílios, comissões, bônus, premiações por alcance de metas, participação nos lucros, acúmulo de funções, horas extras e semelhantes, podem fazer com que o salário mensal ultrapasse R$ 4.000,00.Observe que os ganhos salariais podem variar de acordo com a região do país, nível de experiência e formação, atribuições específicas da vaga, assim como porte e setor da empresa contratante.As informações sobre médias salariais são extraídas de publicações nos sites indicados, com checagem na data de redação deste artigo. Os valores ficam sujeitos a variações de acordo com as características de cada vaga de trabalho.

Mercado de trabalho

Agentes de cobrança contam com um amplo cenário de atuação no Brasil. Com o atual panorama econômico no Brasil e no mundo, o que pode ser problema para algumas pessoas, é oportunidade para outras. Isso aumenta naturalmente a demanda por profissionais com as devidas qualificações e capacidades para cobrar, negociar e desempenhar as funções associadas.Confira quais são os principais segmentos em que você poderá encontrar vagas para operação de cobranças:
  • empresas especializadas em cobranças, atualizações cadastrais e gestão de recebíveis;
  • atividades de teleatendimento;
  • empresas de telefonia, telecomunicações e provedores de internet;
  • serviços advocatícios;
  • escritórios e empresas de engenharia;
  • comércio varejista de diversos setores;
  • portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação online;
  • serviços de comunicação multimídia;
  • administração de cartões de crédito;
  • empresas de equipamentos industriais e especializados;
  • bancos, assessorias e instituições financeiras;
  • firmas especializadas em gestão de ativos;
  • instituições de ensino;
  • hospitais e clínicas particulares;
  • consultorias e assessorias empresariais.
Por mais que a função de cobrar não seja agradável nem muito bem-vista pelo público em geral, o papel de agentes de cobrança vai além disso. Ao propor soluções para ajudar quem precisa recuperar sua adimplência financeira, pode ser uma profissão recompensadora e gratificante. Fazendo um bom trabalho, ajudando as pessoas e buscando a capacitação contínua, você pode desenvolver um bom plano de carreira para aumentar as chances de conquistar uma promoção e ficar mais perto de alcançar a tão cobiçada realização profissional.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos