As 15 profissões mais comuns no Brasil

Atualizado em: 25 de agosto de 2023

Você sabia que foram geradas mais de 2,7 milhões de novas vagas de emprego com carteira assinada no Brasil em 2021? São dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Apesar da flutuação nas contratações devido à COVID-19, a economia brasileira conseguiu manter certo ritmo de geração de emprego e renda. Você sabe quais são as profissões mais comuns no país no tangente a admissões?Descubra, neste artigo, quais profissões mais contratam pessoas no Brasil, bem como seu salário médio e número de vagas ofertadas, segundo pesquisa nacional.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

As 15 profissões mais comuns no Brasil

Em pesquisas realizadas pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), e divulgadas pelo G1, foram listadas as profissões que mais formaram contratações com carteira assinada no Brasil em um período de 12 meses. Confira abaixo as 15 profissões que mais empregaram no Brasil durante o período da pesquisa.

1. Cargo de alimentador de linha de produção

Alimentadores de linha de produção são profissionais com alta demanda em fábricas e indústrias. Por conta disso, encontram-se no topo da lista por uma oferta de 215.723 novas vagas em todo país. Tais pessoas preparam materiais, organizam a área de serviço, abastecem as linhas de produção e máquinas. Seu salário médio é de R$ 1.627 mensais.

2. Profissionais de venda de comércio varejista

Pessoas que trabalham no comércio varejista são consultoras e facilitam para que clientes encontrem o que querem. Mesmo com a pandemia da COVID-19, esse meio cresceu e ofertou um total de 166.188 novas vagas. Normalmente, para essa profissão, é exigido apenas o ensino médio completo. Também é necessário ter boa capacidade comunicativa, paciência e empatia para melhor atender a clientela.Relacionado: Como ser um bom vendedor: 10 passos práticos

3. Profissionais da faxinaria

Quem trabalha na faxinaria é responsável pela limpeza completa de um local designado. Podem atuar em casas particulares, órgãos públicos, empresas, indústrias, comércios, hospitais e onde mais for necessário. Para essa profissão, foram criadas 133.158 novas vagas em um período de um ano e o salário médio está em torno de R$ 1.410,00 mensais.

4. Profissionais da assistência administrativa

Assistentes são profissionais muito procurados por empresas, pois auxiliam nos processos financeiros, logísticos e operacionais e permitirem maior agilidade em processos burocráticos necessários em qualquer negócio. Foram geradas 127.242 novas vagas para essa profissão no último ano. O salário médio atual desta profissão é de R$ 1.454,00 mensais.Relacionado: O que faz um assistente administrativo

5. Auxiliar de escritório

Auxiliares de escritório contribuem para o bom andamento de negócios em empresas. Podem executar funções como atender telefonemas, marcar horários com clientes, organizar planilhas e auxiliar o controle financeiro e de recursos humanos. Empresas de todo o país abriram um total de 124.597 novas vagas e o salário médio mensal para essa profissão gira em torno de R$ 1.500.Relacionado: O que um auxiliar de escritório faz

6. Servente de obras

Serventes de obras são essenciais para a construção de novas casas, prédios, galpões ou qualquer outra estrutura do tipo. Executam funções braçais como carregar materiais e ferramentas, preparar massas de concreto e manter organizado o canteiro de obras. Em 12 meses, foram criadas 104.205 novas oportunidades de emprego na área, cujo retorno financeiro mensal está em torno de R$ 1.500.Relacionados:

7. Atendente de lojas e mercados

Atendentes de lojas e supermercados fazem o atendimento ao público, ajudam clientes a escolher produtos, fornecem informações, conferem unidades disponíveis em estoque, arrumam prateleiras, verificam a validade dos produtos, entre outras funções. Para essa carreira, foram criadas 77.665 novas vagas com salário médio mensal na casa dos R$ 1.300.

8. Cargo de operador de caixa

Quem trabalha nesse cargo registra no caixa de estabelecimentos todos os produtos comprados, informa e cobra o valor final ao cliente. Depois, ao receber o valor, emite a nota fiscal. Essas pessoas podem trabalhar em supermercados, padarias, bancos e no comércio em geral. Para essa função, foram criadas 70.339 novas vagas em um ano e o salário médio mensal fica na faixa de R$ 1.300,00.Relacionado: Exemplo de currículo de um operador de caixa

9. Motorista de caminhão

Motoristas de caminhão são responsáveis por buscar as cargas nos centros de armazenamento e distribuição e entregar mercadorias e produtos até o destino final. Muitas vezes, precisam atravessar diversos estados e percorrer longas rodovias para concluir um serviço. Durante o período da pesquisa, houve um total de 69.646 vagas disponíveis para caminhoneiros e caminhoneiras. A média salarial para motoristas de caminhão é de R$ 2.137 mensais.

10. Profissionais técnicos em enfermagem

Sua principal função é prestar todo o apoio necessário à equipe de enfermagem no cuidado aos pacientes, seja com curativos, nebulizações, banho de leito, verificação de sinais vitais, ou na administração de medicamentos e vacinas. No Brasil houve 59.080 novas vagas para essa profissão e seu salário médio anual é de R$ 23.126.Relacionado: O que faz um técnico de enfermagem

11. Cargo de repositor de mercadorias

Quem trabalha com reposição deve encaminhar as mercadorias do estoque e organizá-las nas prateleiras, além de verificar datas de validade, etiquetar e precificar itens. Se necessário, dão atendimento a clientes e orientações sobre os produtos e sua localização dentro do estabelecimento. Houve um total de 56.275 novas vagas de repositor no país. O salário médio é de R$ 1.453 mensais.Relacionado: O que um repositor faz

12. Recepcionista

Recepcionistas atuam no atendimento ao público, ajudam a receber clientes e orientam a circulação dentro do estabelecimento. Também têm atividades de escritório como marcar horários, receber pagamentos, fazer cobranças, direcionar ligações, entre outras funções. Para este cargo 55.896 novas vagas foram geradas com um salário médio mensal de R$ 1.400.Relacionado: Resumo e exemplos de qualificações de recepcionista

13. Auxiliar em serviços de alimentação

Profissionais deste meio ajudam no preparo de alimentos e na montagem de vitrines ou buffets, cuidam do tempo de preparo de cada alimento, mantém o local de preparo limpo e organizado e devem estar sempre atentos às normas de higiene, seja no preparo, seja no asseio pessoal. No Brasil, foram criadas 48.932 novas vagas para essa profissão.

14. Profissionais de telemarketing ativo e receptivo

Quem trabalha com telemarketing faz o atendimento via chamadas telefônicas a clientes de uma empresa, que podem ser feito de maneira ativa (com ligações para pessoas), ou receptiva (com o atendimento às chamadas que chegam). O objetivo é vender produtos, prestar assistência, fazer cobranças, cancelar ou alterar planos e prestar informações sobre serviços. Um total de 47.255 novas vagas foram criadas para esse cargo no Brasil. O salário médio, segundo pesquisas, gira em torno de R$ 1.100,00 mensais.Relacionado: Carta de apresentação para operador de telemarketing

15. Almoxarife

Pessoas que trabalham como almoxarife são, normalmente, contratadas por fábricas, indústrias, portos e transportadoras, e trabalham na cadeia de produção. Elas administram a entrada e saída de produtos, mantêm o inventário atualizado, organizam os itens dentro do almoxarifado e nos locais de transporte, entre outras funções.Em 15º lugar da lista de profissões mais comuns, foram 41.133 novos empregos em 12 meses. Seu salário médio está em torno de R$ 1.900,00 mensais.Relacionado: Descubra o que um almoxarife fazSe o seu objetivo é ingressar (ou se reinserir) rapidamente no mercado de trabalho, com este artigo é possível ter uma boa base das maiores demandas existentes no país. Como visto anteriormente, há oportunidades para diferentes nichos e tipos de ocupações. Essas profissões têm alta rotatividade, mas também são a porta de entrada em empresas e organizações. Para todo bom profissional, oportunidades de crescimento e promoções não tardam a aparecer.Relacionado: 7 profissões que não exigem experiênciaAs informações sobre médias salariais são extraídas de publicações nos sites indicados, com checagem na data de redação deste artigo. Os valores ficam sujeitos a variações de acordo com as características de cada vaga de trabalho.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos