O que faz um gerente de restaurante? Atribuições, requisitos, mercado de trabalho

Atualizado em: 6 de março de 2024

Há profissionais com visão ampla e perfil de liderança que estão por trás do funcionamento de cafeterias, bares, restaurantes e outros estabelecimentos dedicados à preparação de alimentos e bebidas. Confira neste artigo pontos importantes sobre o que faz um gerente de restaurante, como é o mercado de trabalho, requisitos para o exercício da profissão e outros.
Vagas relacionadas no Indeed
Gerente De Restaurante vagas
Ver mais vagas no Indeed

O que faz um gerente de restaurante?

Gerentes de restaurante têm como principal função garantir que o estabelecimento funcione com eficiência e rentabilidade, resguardando a boa reputação conquistada pela marca ou pelo local no mercado.É sua função assegurar que tudo no restaurante está funcionando perfeitamente: a preparação dos alimentos, o estoque de produtos e ingredientes, limpeza e organização, aparência dos funcionários, etc.

Atribuições de gerentes de restaurante

Confira a seguir algumas atribuições geralmente atendidas por gerentes de restaurante.

1. Atenção aos clientes

  • assegurar que os clientes sejam atendidos com conforto, de maneira adequada e oportuna. Saber coordenar bem a equipe é essencial para esse objetivo;
  • dar atenção às necessidades dos clientes, antecipando potenciais desconfortos. Uma boa opção é fazer pesquisas de satisfação;
  • ouvir sugestões e reclamações, a fim de otimizar os serviços, corrigir possíveis falhas e buscar melhorias;
  • resolver problemas de atendimento, sempre lembrando da máxima: o cliente sempre tem razão.
Relacionados:

2. Saber administrar

  • acompanhar as entradas de capital e as despesas do restaurante para garantir uma administração eficiente e rentável;
  • revisar as transações financeiras sempre que necessário;
  • revisar a folha de pagamento;
  • estar a par do vencimento de alvarás, autorizações municipais, pagamento de impostos e outros compromissos;
  • manter o registro de documentos fiscais, extratos financeiros, folhas de pagamento, etc.;
  • garantir a distribuição justa e correta da gorjeta para a equipe.

3. Liderar a equipe de trabalho

  • definir os horários de trabalho para garantir que haja quantidade adequada de pessoal em todos os turnos;
  • realizar entrevistas, contratar, treinar, supervisionar e (quando necessário) demitir pessoas;
  • promover o trabalho em equipe para assegurar a prestação de bons serviços aos clientes e um ambiente saudável para o pessoal.

4. Focar na publicidade

  • criar campanhas promocionais, como combos de alimentos, cartão fidelidade etc.;
  • planejar eventos especiais com antecedência, com especial atenção às datas festivas;
  • promover o estabelecimento nas mídias sociais.

5. Assegurar a qualidade dos ingredientes e produtos servidos

  • monitorar devidamente o estoque de ingredientes, prezando pela qualidade e conservação;
  • estabelecer uma boa relação com os fornecedores para garantir produtos de qualidade.

Três princípios fundamentais para metas de gestão

Gerentes de restaurantes devem ser bons gestores. Para isso, é necessário traçar metas, ter claro o propósito do seu estabelecimento e o público-alvo muito bem estabelecido. Há princípios fundamentais que se inter-relacionam e devem ser levados em conta na formação de metas:
  • Satisfação do cliente. Lembre-se que a razão de ser de um restaurante é servir a seus clientes. Se o serviço é de qualidade, o cliente sai satisfeito e com grandes chances de retornar – e até indicar seu restaurante a outras pessoas. Sem clientes fixos e novos, não há lucro.
  • Lucratividade. Aqui entra a capacidade de administração que gerentes devem ter. Você deve prezar por oferecer preços competitivos, mas sem deixar de lado a qualidade dos serviços prestados. Mais importante do que quanto dinheiro entra, claro, é o lucro líquido após a subtração de todas as despesas: fornecedores, colaboradores, água, gás, luz, internet etc.
  • Eficiência. O conceito já diz tudo: conseguir o melhor rendimento com o mínimo de erros e/ou dispêndios. Em outras palavras: para o restaurante obter lucro, é imprescindível converter os recursos em resultados da maneira mais econômica possível. Conhecer bem os seus recursos (humanos, materiais e financeiros) será de grande valia para obter eficiência operacional.
Relacionados:

Como é o dia a dia de gerentes de restaurante

A rotina de gerentes de restaurantes pode variar de acordo com o porte do estabelecimento. Em restaurantes pequenos, gerentes são, às vezes, os próprios donos e ficam no caixa. Já em locais de grande porte, gerentes precisam circular por vários setores para verificar se tudo está saindo como deveria.Algumas tarefas são comuns no dia a dia desses profissionais:
  • revisar o estoque de ingredientes, o estado dos equipamentos e a limpeza do ambiente;
  • abrir e fechar o restaurante;
  • supervisionar o treinamento do pessoal recém-contratado;
  • fazer pedidos de ingredientes aos fornecedores;
  • organizar a escala de trabalho, considerando a demanda diária, de feriados e finais de semana;
  • assegurar o cumprimento das normas sanitárias pertinentes à manipulação de alimentos;
  • acompanhar o fechamento do caixa.
Para executar tudo isso com excelência, há algumas dicas e requisitos para você que quer ingressar na carreira ou conquistar a vaga de gerente no bar ou restaurante em que já trabalha. Confira-as abaixo:

Requisitos para ser gerente de restaurante

Ter diploma ou formação superior não é obrigatório para você trabalhar como gerente de restaurante, mas é importante notar que restaurantes de alto padrão são mais exigentes quanto a isso. Para trabalhar em estabelecimentos mais requintados, pode ser necessário a comprovação de cursos na área.Algumas formações muito bem-vindas no momento de um processo seletivo para o cargo incluem:
  • Administração
  • Curso superior de tecnólogo em hotelaria
  • Gestão hoteleira
  • Gastronomia
  • Gestão de bares e restaurantes
Essas são qualificações que podem ajudar você a entrar no mercado de trabalho ou a conquistar uma promoção dentro do negócio que já está inserido. Porém, lembre-se que nada substitui a expertise prática; esse é um setor que preza muito pela experiência. Muitas vezes, seu histórico prévio acaba sendo mais importante que diplomas acadêmicos.O mercado de restaurantes está aberto a profissionais com uma combinação de conhecimento de gestão de negócios, experiência prática e habilidades interpessoais de liderança, proatividade e ética profissional. Esse profissional é você?Relacionado: O que faz um chefe de bar (com salário e habilidades)

Como é o mercado de trabalho?

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), são mais de um milhão de estabelecimentos em todos o Brasil, gerando mais de seis milhões de empregos diretos. O segmento de Alimentação Fora do Lar (AFL), leva aos restaurantes cerca de 34% dos brasileiros que, em média, gastam 25% de sua renda em refeições fora de casa, segundo dados do setor. O segmento registrou 10% de crescimento nos últimos anos.Entre os meses de outubro de 2020 e setembro de 2021, houve um aumento de 15,24% nas contratações de gerentes de restaurante. Esta também é uma área profissional em que as mulheres são a maioria. No gerenciamento de restaurantes, o perfil mais recorrente é o de uma trabalhadora com 32 anos e ensino médio completo.Mulheres: representam 53,7% da ocupação dos postos de trabalho, segundo fonte.

Perspectivas de carreira

O crescimento profissional nesse ramo dependerá diretamente da natureza do empregador, assim como do tamanho do negócio. Estabelecimentos como os de fast food, franquias e redes de hotéis podem prover oportunidades de crescimento, permitindo a você gerenciar várias filiais ou até a gerência estadual e regional de uma rede de restaurantes.Muitos profissionais começaram "de baixo", ocupando cargos de garçom ou garçonete, e foram conquistando funções mais elevadas. Ter persistência e uma meta profissional bem estabelecida podem fazer a diferença no seu sucesso profissional.Nesse artigo, você conferiu o que faz um gerente de restaurante, o que poderá ser de grande valia tanto para você que já atua nessa área, como também para dar um norte a quem está buscando ingressar nesse crescente mercado.Aviso legal: informamos que nenhuma das empresas mencionadas neste artigo é afiliada ao Indeed.Relacionado: O que faz um coordenador de fast-food
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos