Guia para vagas de emprego na Espanha

Atualizado em: 27 de junho de 2023

Neste artigo, abordaremos o mercado de trabalho espanhol em relação à oferta de emprego para estrangeiros. No tópico seguinte, explicaremos as possíveis formas de busca de emprego e alguns requerimentos. Em seguida, discutiremos sobre o visto de emprego e alternativas de visto. Para encerrar, apresentaremos uma lista das vagas na Espanha com mão de obra escassa, as mais requisitadas e as mais bem pagas.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

Mercado de trabalho

A Espanha, assim como outros países na Europa, tem uma lista de profissões que não são ocupadas por seus cidadãos, seja porque a população não tem interesse em executar serviços específicos, seja porque muitos jovens espanhóis migram para países europeus mais ricos em busca de melhores oportunidades. Isso faz com que aumentem as chances de pessoas de outras nacionalidades conseguirem uma vaga de emprego na Espanha, além do fato de que, na maioria dos casos, a mão de obra qualificada não acompanha a oferta de emprego no país.Você pode conseguir um emprego na Espanha caso se enquadre ao perfil da vaga com escassez de profissionais no mercado de trabalho. Também é possível ocupar uma vaga cuja mão de obra não seja considerada escassa, mas cabe ressaltar que o processo de liberação pode ser um pouco mais burocrático, e isso ocorre por dois fatores. Um deles faz parte do acordo firmado entre os países europeus no qual uma empresa espanhola, antes de contratar um funcionário estrangeiro, precisa prestar contas sobre o motivo pelo qual a vaga não foi preenchida por um cidadão espanhol ou europeu. O segundo fator diz respeito à priorização das pessoas que são netas de espanhóis, em decorrência das empresas não terem de justificar a preferência pelo colaborador estrangeiro.A lista com as “ocupações de difícil cobertura” pode ser encontrada no site do governo espanhol. Tais vagas são destinadas a estrangeiros, justamente por serem postos dificilmente ocupados por espanhóis e seus descendentes e cujos profissionais estão em falta na Espanha.Relacionados:

Como encontrar vagas de emprego na Espanha e quais são os requisitos

Há algumas formas de encontrar vagas de emprego na Espanha, por exemplo, através de sites de busca de emprego, com o envio do currículo Europass direto no site das empresas, pelo site do consulado e/ou pela contratação de agente profissional em imigração e visto de trabalho.É importante considerar o idioma durante a preparação e a busca de emprego. Em alguns casos, além da língua espanhola, ter conhecimento da língua inglesa também poderá ser decisivo na contratação. Ainda sob o aspecto do idioma local, ressaltamos que a Espanha é composta por províncias e algumas delas usam línguas diferentes como o catalão na Catalunha, o galego na Galícia e o castelhano no País Basco.Depois que você passar no processo seletivo para a vaga escolhida e receber o contrato de trabalho, veja o que mais é necessário para entrar no mercado de trabalho espanhol:
  • Ter um passaporte válido.
  • Não ter restrições em relação à entrada na União Europeia.
  • Não ter antecedentes criminais no país de origem.
  • Ter o diploma validado na Espanha. A validação do diploma leva cerca de um ano, por isso, é fundamental dar entrada na solicitação com antecedência.
  • Fazer curso complementar profissional. O reconhecimento de diplomas do exterior pode encontrar algumas divergências, como a carga horária ou até mesmo a grade curricular. Em tais casos, você pode precisar fazer um curso complementar com o propósito de equivalência à grade vigente no país de interesse. Feito isso, a validação do diploma é concedida.
  • Ter a inscrição no conselho profissional. Para alguns cargos é imprescindível ter o registro no conselho profissional, pois na falta desse documento, não será possível exercer a profissão no país. Geralmente, a inscrição é voltada para as áreas de medicina, advocacia e arquitetura. Dessa forma, é importante buscar conhecer todas as normas específicas que regulam as profissões na Espanha.
Relacionado:

Visto de emprego espanhol

Algumas pessoas acreditam que podem resolver toda a documentação uma vez que já estejam em território espanhol. Na verdade, isso não é bem assim.Quem vai à Espanha com visto de turista não tem permissão para buscar emprego durante a estadia. Por outro lado, quem está no país com visto de estudo pode solicitar a conversão do visto para o de trabalho, caso alguma empresa demonstre interesse em fazer uma contratação formal. Para as pessoas que estão com o visto vencido, o processo de visto de emprego espanhol pode ser concedido somente caso algum contratante demonstre interesse no candidato ou candidata. No entanto, a pessoa estará sujeita ao pagamento de multa pelo tempo em que teve seu visto vencido.De forma mais específica, grande parte dos brasileiros que pretende trabalhar na Espanha já sai do país com o visto e contrato de trabalho em mãos. Há, porém, três formas de se obter o visto de trabalho para a Espanha:
  • Visto para busca de emprego. Válido por 90 dias a partir do momento que entrar no país. Com esse visto você tem permissão para buscar emprego e ainda se inscrever no Registro de Desempregados, que é uma espécie de agência que fará a intermediação entre você e as empresas, com o propósito de auxílio na obtenção de emprego. Esse visto é oferecido somente para estrangeiros filhos ou netos de espanhóis.
  • Visto de residência para trabalhador contratado. Visto destinado a estrangeiros que já tenham um contrato de trabalho na Espanha, inclusive quem faz parte do grupo de profissionais qualificados e cuja mão de obra encontra-se escassa em território espanhol. O prazo do visto será o mesmo do tempo determinado pelo contrato de trabalho.
  • EU Blue Card ou Cartão Azul da União Europeia. Autorização semelhante ao visto citado anteriormente, porém esse documento tem prazo de validade máximo de quatro anos e é aceito em 25 países da União Europeia. No caso de contratos de trabalho com tempo de validade inferior, a autorização seguirá o prazo do contrato com acréscimo de três meses.
Para todas essas alternativas, é necessário dar início aos trâmites ainda no Brasil.Relacionado: Visto de trabalho para Portugal

Lista de profissões de difícil ocupação, mais requisitadas e mais bem pagas na Espanha

O mesmo site que aponta a lista de profissões de difícil ocupação também apresenta outras duas listas contendo as profissões mais requisitadas e as com as melhores remunerações na Espanha. Veja exemplos a seguir:Profissões de difícil ocupação
  • mecânico naval
  • treinadores esportivos
  • marinheiros
  • comandantes de navios mercantes
  • atletas profissionais
  • cozinheiros de navio
Profissões mais requisitadas
  • médicos
  • dentistas
  • fisioterapeutas
  • analista de investimentos
  • chef de cozinha
  • controller de gestão
  • engenheiro de automação e robótica
Profissões mais bem pagasApesar da média salarial na Espanha ser inferior se comparada a outros países da Europa, com exceção de Portugal, o custo de vida é acessível, sobretudo em cidades como Barcelona e Madrid, e o país também oferece excelente qualidade de vida e segurança pública.Relacionado:
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Leia mais artigos