Quanto ganha um engenheiro da computação

Atualizado em: 9 de fevereiro de 2023

Assim como qualquer outra engenharia, a carreira de um engenheiro da computação pode ser muito lucrativa e apresentar diversas oportunidades, já que se trata de um profissional altamente treinado e qualificado, cujos conhecimentos e habilidades estão em alta demanda. Neste artigo, você verá quanto ganha um engenheiro da computação, as oportunidades no mercado de trabalho, dicas para progredir na carreira e conseguir uma remuneração melhor, bem como outros detalhes sobre a profissão.
Vagas relacionadas no Indeed
Vagas de meio período
Ver mais vagas no Indeed

O que um engenheiro da computação faz

A formação do engenheiro da computação é mais generalista, o que permite que você atue em uma variedade de áreas. Em geral, esse profissional se dedica ao desenvolvimento tanto de hardware quanto de software, ao funcionamento dos sistemas e subsistemas que interligam ambos, à implementação e gestão de redes e vários outros campos de aplicação da tecnologia da informação.Ao fazer esse curso, você se aprofundará tanto na engenharia eletrônica quanto na ciência da computação, adquirindo um amplo conhecimento de várias áreas e um vasto leque de possibilidades a serem exploradas.Algumas das principais atividades de um engenheiro da computação:
  • desenvolver, criar e testar sistemas de computador
  • implementar e gerenciar redes
  • trabalhar em laboratórios e no setor de pesquisas
  • administrar e dimensionar recursos financeiros, tecnológicos, físicos e humanos
  • desenvolver redes de computadores para tráfego e compartilhamento de dados
  • orientar usuários
  • desenvolver aplicativos para computadores ou outros dispositivos tecnológicos
  • elaborar manuais, relatórios técnicos e documentação em geral
  • testar e implantar soluções projetadas
  • monitorar e administrar o uso de recursos
  • oferecer suporte técnico e solucionar problemas
  • gerenciar ambientes operacionais
  • melhorar a funcionalidade de computadores e sistemas
Relacionado: Descubra o que faz um Engenheiro de Software

Quanto ganha um engenheiro da computação

De acordo com o site Glassdoor, o salário médio mensal de um engenheiro da computação no Brasil é de cerca de R$ 6.500,00. Já o site Salário registra uma média salarial de R$ 9.373,00 por mês. Essa diferença pode ser explicada pelo fato de a engenharia da computação ser uma profissão muita ampla, com diversas áreas de aplicação. Desse modo, sua remuneração dependerá não só de sua formação, mas também do campo em que escolher atuar.É válido também lembrar que a maioria das empresas que contratam esse tipo de profissional podem oferecer diversos outros benefícios trabalhistas que devem ser levados em consideração, como plano de saúde, auxílio educacional, auxílio alimentação e outros sistemas de bonificação que seguem padrões internos e específicos de cada organização.Relacionado: Saiba quanto ganha um engenheiro de hardware

Alguns fatores que influenciam o salário de um engenheiro da computação:

  • Campo de especialização: uma profissão com oportunidades tão variadas obviamente também oferecerá diferentes faixas salariais de acordo com sua especialidade. Quanto maior for a demanda por sua especialização, maior poderá ser seu salário.
  • Setor de atuação: a área em que você trabalha, seja em uma instituição financeira, empresa de desenvolvimento de software, fabricante de peças de computador ou uma montadora de automóveis, poderá impactar bastante em sua remuneração.
  • Formação e qualificações: assim como em qualquer profissão, suas credenciais acadêmicas, cursos de aperfeiçoamento e até mesmo onde você concluiu o curso, influenciarão seu salário. Como regra geral, quanto mais qualificações você tiver, melhor será o salário.
  • Experiência: seu salário poderá ser diretamente proporcional aos anos de experiência acumulados, especialmente se atuar em uma área com elevadas exigências de qualificação.
  • Localização geográfica: o lugar em que você trabalha pode fazer uma grande diferença em seu salário. Grandes centros urbanos e metrópoles costumam oferecer vagas com salários mais altos, enquanto cidades menores ou mais distantes de zonas industriais contam com uma remuneração muitas vezes significativamente menor.
  • Empresa: o porte da empresa em que você trabalha também interfere nas possibilidades salariais. Uma empresa maior ou uma multinacional geralmente oferecem salários melhores e mais benefícios. Já empresas de pequeno porte ou novas no mercado podem oferecer uma remuneração mais modesta.
Relacionado: Qual a diferença dos cursos de TI?

Mercado de trabalho e áreas de atuação

Dada a natureza da profissão, o engenheiro da computação pode optar por seguir diversos caminhos depois de formado e ainda se especializar em áreas mais específicas, podendo trabalhar no setor industrial, automotivo, farmacêutico, telecomunicações, robótica e automação, segurança cibernética, engenharia de software ou de hardware, redes e servidores, inteligência artificial, biomedicina, inteligência de negócios e análise de dados, ciência de dados entre outros.Uma das especializações que mais cresce no país é a engenharia de software, com uma altíssima demanda nos últimos anos e ótimas perspectivas salariais. A área de robótica e automação também é muito promissora, especialmente quando o assunto é sua aplicação no setor industrial. Outra área com ótimo apelo para esse profissional é a inteligência artificial, tanto no setor de pesquisa quanto nas várias aplicações que crescem a cada dia, como na geração de imagens diagnósticas, comunicação, reconhecimento de fala, reconhecimento de imagem e visão computacional, por exemplo.A ascensão dos veículos de condução autônoma também apresenta uma oportunidade para engenheiros de software, pois você pode optar por trabalhar nessa área na pesquisa, desenvolvimento e testes de sistemas de condução autônoma para veículos tripulados ou não, sistemas de transporte de mercadorias, drones usados na entrega de produtos e medicamentos e outras aplicações inovadoras dessa tecnologia.

Como melhorar seu salário como engenheiro da computação

Desenvolva competências

Além dos conhecimentos teóricos e da prática da engenharia, desenvolver outras competências pode ser um excelente diferencial em sua carreira. Habilidades comunicativas, liderança, inovação, criatividade, capacidade de adaptação, trabalho em equipe, facilidade de aprendizado e inovação são algumas das competências mais valorizadas hoje em dia em praticamente qualquer área.

Adquira experiência

Nem é preciso mencionar a importância da experiência profissional. No caso da engenharia da computação, priorize tanto experiências relacionadas à sua área quanto aquelas que agregam conhecimentos de outras áreas e competências em geral, como as mencionadas acima. Quanto mais tempo de carreira você tiver, melhor será seu trabalho e mais competências você terá.

Obtenha outra formação

Seja acadêmica ou técnica, muitos profissionais dessa área fazem outros cursos ou especializações para diversificar a bagagem de conhecimentos e continuar aprendendo. Vários engenheiros da computação têm diplomas de ciência da computação juntamente com engenharia elétrica e outro curso como análise de sistemas, por exemplo, ou acumulam especialidades relacionadas. Isso pode enriquecer bastante seu currículo.

Mude de área

Você também pode sempre mudar de área de especialização caso esteja insatisfeito com seu trabalho atual. Uma das grandes vantagens da engenharia da computação é a ampla variedade de campos de atuação. Algumas das especialidades em alta no momento incluem:
  • Engenharia de software
  • Robótica
  • Automação industrial
  • Inteligência artificial
  • Sistemas autônomos
  • Biomedicina
  • Segurança cibernética
  • Sistemas incorporados
  • Mineração de dados
  • Desenvolvimento de games

Procure uma ocupação paralela

Todo engenheiro da computação é um aficionado por tecnologia. Se você quiser complementar sua renda e ter um salário melhor, pode se dedicar a uma atividade secundária que possa render um bom retorno. Há vários profissionais da área que têm um emprego fixo, mas também prestam serviços em regime freelance, oferecem consultoria e assessoria, suporte técnico, desenvolvem aplicativos, montam blogs ou canais em plataformas de vídeo sobre tecnologia, ou dedicado à sua área específica, e até dão aulas. Há diversas possibilidades.

Empreenda

O curso de engenharia da computação também prepara você para ser um empreendedor do futuro. Caso tenha vontade de ter seu próprio negócio no ramo tecnológico, talvez possa empreender e tomar o controle total do seu futuro profissional. O número de startups e novas empresas de tecnologia no mundo cresce a cada dia que passa, batendo recorde atrás de recorde. No Brasil, não é diferente. Com a experiência e qualificações adequadas, você pode montar sua equipe, tirar sua ideia do papel e colher ótimos resultados.

Perspectivas para o futuro

A engenharia da computação é uma profissão muito promissora e está em constante evolução. Independentemente da especialidade que você escolher, terá ótimas perspectivas para o futuro. Para se destacar, acompanhe as tendências e os últimos desenvolvimentos do setor para estar sempre atualizado sobre os avanços e inovações mais recentes. É a profissão do presente e do futuro.Valores salariais refletem os dados listados nos sites pesquisados no momento da redação do artigo.
Compartilhar:
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • E-mail
Esse artigo é útil?

Artigos relacionados

Quanto ganha um engenheiro de software

Leia mais artigos